Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp Energia sobe mais de 1% e anima bolsa nacional

A bolsa nacional valoriza impulsionada essencialmente pela Galp Energia e pela Portugal Telecom. O PSI-20 aprecia 0,16% e acompanha a tendência dos congéneres europeus embora com uma dimensão inferior já que estes estão a subir mais de 1%.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 29 de Maio de 2009 às 12:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
A bolsa nacional valoriza impulsionada essencialmente pela Galp Energia e pela Portugal Telecom. O PSI-20 aprecia 0,16%, acompanha a tendência dos congéneres europeus embora com uma dimensão inferior já que estes estão a subir mais de 1%.

O principal índice da bolsa nacional (PSI-20) negoceia nos 7.252,27 pontos com dez acções em alta, nove em queda e uma inalterada. Na Europa, os índices ganham mais de 1%, depois de terem sido divulgados indicadores económicos positivos na Ásia e no Reino Unido, dando sinais de algumas melhorias na economia.

Por cá, a Galp Energia é o título que mais impulsiona com uma valorização de 1,93% para os 11,095 euros. Já ontem a petrolífera avançou mais de 1% animada pelo novo modelo de financiamento para o período 2009 a 2013, que está a ser bem recebido pelo mercado. A impulsionar os títulos da petrolífera estão também as subidas dos preços do petróleo, com a matéria-prima a cotar acima dos 65 dólares por barril.

A Portugal Telecom também contribui para a tendência ao somar 0,63% para os 6,50 euros. No sector das telecomunicações, a Zon acompanha a tendência com um ganho de 0,33% para os 4,003 euros enquanto a Sonaecom contraria com uma queda de 3,02% para os 1,863 euros.

Ainda a impulsionar está o BES, que avança 0,47% para os 4,049 euros, contrariando a tendência da banca, já que BCP e BPI deslizam 0,26% para os 0,766 euros e 0,20% para os 2,016 euros, respectivamente.

A travar maiores ganhos está a EDP Renováveis que cai 1,41% para os 7,256 euros, mantendo, assim, a tendência da sessão de ontem. O restante sector acompanha com EDP e REN a perderem 0,56% para os 2,849 euros e 0,51% para os 3,10 euros, respectivamente.



Veja também:

As cotações de todas as acções da Bolsa portuguesa

O resumo do dia do índice PSI-20

As
maiores subidas e maiores descidas do PSI-20

Os preços-alvo para as cotadas portuguesas

As estatísticas das acções portuguesas

A análise técnica de todas as cotadas portuguesas

A evolução de todos os fundos comercializados em Portugal

Ver comentários
Outras Notícias