Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp sobe mais de 2% e leva bolsa a encerrar em alta (act.)

A bolsa nacional encerrou a sessão em alta, invertendo a tendência negativa que registou durante a manhã. A impulsionar esteve a Galp Energia, que valorizou mais de 2%, enquanto a EDP e a Brisa impediram um maior ganho. O PSI-20 valorizou 0,25% acompanhando a tendência dos congéneres europeus.

Lara Rosa lararosa@negocios.pt 09 de Fevereiro de 2009 às 16:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A bolsa nacional encerrou a sessão em alta, invertendo a tendência negativa que registou durante a manhã. A impulsionar esteve a Galp Energia, que valorizou mais de 2%, enquanto a EDP e a Brisa impediram um maior ganho. O PSI-20 valorizou 0,25% acompanhando a tendência dos congéneres europeus.

O principal índice nacional encerrou a sessão nos 6.475,07 pontos com 13 títulos a valorizar e sete a cair. Na Europa as principais praças também inverteram a tendência e seguiam a negociar em alta a beneficiar dos resultados melhores que o esperado do Barclays.

No mercado português o destaque vai para a Galp Energia que apreciou 2,38% na sessão de hoje, encerrando nos 9,091 euros. Esta foi já a quinta sessão de ganhos consecutivos para a petrolífera que acumula já uma subida de mais e 11% neste período.

A tendência no restante sector energético também foi positiva com excepção da EDP, que foi mesmo a principal cotada a impedir um maior ganho do PSI-20. A eléctrica desvalorizou 1,97% para os 2,74 euros enquanto a EDP Renováveis subiu 1,54% para os 5,878 euros e a REN ganhou 1,79% para os 3,13 euros.

A contribuir para os ganhos de hoje esteve também a banca, com o BCP a valorizar 0,27% para os 0,752 euros, o BES a ganhar 1,96% para os 5,20 euros e o BPI a apreciar 3,27% para os 1,58 euros.

A impedir maiores ganhos na bolsa nacional esteve a Portugal Telecom que encerrou a sessão a perder 0,16% para os 6,40 euros, no dia em que a Lisbon Brokers reviu em alta o preço-alvo para as acções da operadora de 6,5 euros para os 7,20 euros.

A casa de investimento melhorou a sua avaliação da empresa uma vez que “não conseguimos deixar de sentir que a Portugal Telecom conseguirá, de alguma forma, surpreender o mercado, seja através de números melhores que o esperado, ou outra coisa qualquer.”

Entre as operadoras de telecomunicações, a Zon recuou 0,72% para os 4,12 euros e a Sonaecom valorizou 1,32% para os 1,151 euros, acompanhando os ganhos da restante família Sonae, que valorizou mais de 1%.

Em alta esteve também a Teixeira Duarte, que apreciou 4,77% para os 0,483 euros depois de na semana passada a construtora ter acumulado uma queda superior a 16%, o que se ficou a dever à difícil situação financeira da companhia.





















Veja também:

As cotações de todas as acções da Bolsa portuguesa

O resumo do dia do índice PSI-20

As maiores subidas e maiores descidas do PSI-20

Os preços-alvo para as cotadas portuguesas

As estatísticas das acções portuguesas

A análise técnica de todas as cotadas portuguesas

A evolução de todos os fundos comercializados em Portugal



Ver comentários
Outras Notícias