Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ganho de 4,5% da EDP abre caminho para fecho em alta do PSI-20

A bolsa nacional terminou a sessão desta quinta-feira em alta, apoiada pelo forte ganho da empresa liderada por António Mexia. O sentimento é positivo também no resto da Europa.

EDP
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 02 de Julho de 2020 às 16:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
O índice PSI-20 terminou a sessão desta quinta-feira a ganhar 1,79% para os 4.429,03 pontos, apoiado pelo forte ganho da EDP, num dia em que os investidores olharam com otimismo para as boas notícias vindas dos testes de uma vacina contra a covid-19.

A farmacêutica norte-americana Pfizer e a alemã BioNTech anunciaram ter obtido resultados positivos nos primeiros testes da sua vacina contra a covid-19 que estão a desenvolver. Agora, se tudo correr como previsto e a vacina experimental obtiver a aprovação por parte dos reguladores, estima-se que a produção da vacina terá início ainda este mês. 

Para além dos sinais positivo no campo do combate ao coronavírus, os investidores olham com alento para os indicadores divulgados. Hoje, o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos divulgou que foram criados 4,8 milhões de empregos no mês de junho, um valor 50% acima das estimativas dos analistas, que previam que fossem gerados 3,2 milhões de postos de trabalho.

Por cá, o maior destaque foi para a EDP, com a empresa liderada por António Mexia a concretizar um ganho de 4,45% para os 4,486 euros por ação, acompanhando o setor elétrico no resto da Europa. Também a EDP Renováveis concumou uma subida de 2,25% para os 12,72 euros por ação.

No resto da praça portuguesa, o Banco Comercial Português obteve uma subida de 2,07% para os 10,84 cêntimos por ação, enquanto que a petrolífera Galp Energia valorizou 2,28% para os 10,525 euros por ação. Por esta altura, o preço do petróleo Brent - que serve de referência para Portugal - sobe 1,24% para os 42,55 dólares por barril. 

Ver comentários
Saber mais psi-20 edp bolsa nacional lisboa
Mais lidas
Outras Notícias