Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ganhos da PT evitam desvalorização da BVLP

A Bolsa de Valores de Lisboa e Porto (BVLP) estava a valorizar em contra-ciclo com as praças europeias, com a Portugal Telecom (PT) a liderar os ganhos. O PSI20 avançava 0,11% e o PSI30 subia 0,08%, enquanto o Euro Stoxx 50 perdia 0,48%.

Duarte Costa 16 de Julho de 2001 às 12:56
  • Partilhar artigo
  • ...
A Bolsa de Valores de Lisboa e Porto (BVLP) estava a valorizar em contra-ciclo com as praças europeias, com a Portugal Telecom (PT) a liderar os ganhos. O PSI20 avançava 0,11% e o PSI30 subia 0,08%, enquanto o Euro Stoxx 50 perdia 0,48%.

O PSI30 marcava 3.671,34 pontos, enquanto PSI20 [PSI20] avançava para os 7.942,83 pontos, acompanhando a valorização do IBEX [IBEX] madrileno, que subia 0,17% para os 8.318,10 pontos.

«A valorização da PT [PLTM] está a evitar que o nossa Bolsa acompanhe as restantes Bolsas europeias, que à excepção de Madrid, estão a desvalorizar», referiu um corretor ao Negocios.pt.

A BVLP registava um volume de negócios de 19,60 milhões de euros (3,93 milhões de contos), com duas empresas do PSI20 a registarem novos mínimos.

A PT [PLTM] ganhava 1,58% para os 7,73 euros (1.550 escudos), com 1,31 milhões de títulos transaccionados, enquanto a PTM.com [PTD] perdia 1,25% para os 2,37 euros (475 escudos).

A PT Multimedia [PTM] recuava 1,94% para os 10,10 euros (2.025 escudos), depois de ter registado um novo mínimo das últimas 52 semanas nos 10,03 euros (2.011 escudos).

O Banco Comercial Português [BCP] desvalorizava 0,70% para os 4,27 euros (856 escudos) e o Banco Espírito Santo [BESNN] recuava 0,88% para os 14,65 euros (2.937 escudos), enquanto o BPI [BPIN] subia 0,36% para os 2,76 euros (553 escudos).

A Sonae Imobiliária [SONA], que inicia amanhã a negociar em ex-direito, cotava inalterada nos 4,17 euros (836 escudos), enquanto a Sonae SGPS [SON] subia 1,23% para os 0,82 euros (164 escudos).

A Sonae.com [SNC] caía 2,49% para os 2,35 euros (471 escudos), enquanto a Impresa perdia 3,81% para os 2,27 euros (455 escudos), após ter registado um novo mínimo nos 2,24 euros (449 escudos).

A Brisa, que concluiu hoje a quarta fase de privatização, negociava inalterada nos 9,90 euros (1.985 escudos), o mesmo valor a que foram alienadas na oferta pública de venda (OPV) as acções destinadas ao público em geral.

A Telecel [TLE] subia 0,53% para os 9,45 euros (1.895 escudos), enquanto a Electricidade de Portugal [EDP] avançava 0,36% para os 2,82 euros (565 escudos).

Outras Notícias