Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

George Soros reduz investimento em acções e aposta no ouro

George Soros está a privilegiar uma estratégia mais conservadora. O investidor reduziu em mais de um terço a exposição a acções norte-americanas.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 17 de Maio de 2016 às 09:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O multimilionário George Soros reduziu o investimento em acções americanas em mais de um terço, ao mesmo tempo que comprou uma participação de 264 milhões de dólares na maior produtora de ouro mundial.


O valor investido pelo conhecido investidor em acções americanas caiu 37% para 3,5 mil milhões de dólares no final do primeiro trimestre, segundo números citados pela Bloomberg. Ao mesmo tempo que desinvestiu em acções nos Estados Unidos, Soros comprou uma participação de 1,7% na Barrick Gold, no valor de 264 milhões de dólares.


Segundo os mesmos dados, Soros adquiriu ainda opções de compra sobre 1,05 milhões de acções no SPDR Gold Trust, um ETF que segue o desempenho do ouro. Esta aposta no ouro surge num momento em que a matéria-prima continua a ser um dos investimentos mais rentáveis em 2016. O metal precioso valoriza 20% desde o início do ano.


Esta estratégia mais conservadora é o espelho das preocupações que o bilionário mantém em relação à economia global. Soros tem vindo a alertar os investidores para os riscos na economia chinesa, estabelecendo paralelos com a crise financeira de 2008.

O investidor destaca que "grande parte do dinheiro que os bancos estão a emprestar serve para manter crédito malparado e empresas deficitárias em funcionamento" e acredita que é "praticamente inevitável" uma travagem brusca na China.

Ver comentários
Saber mais George Soros acções EUA China economia ouro mineiras Barrick Gold
Mais lidas
Outras Notícias