Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

GM impulsiona bolsas dos EUA

As praças norte-americanas seguem em alta impulsionadas pela General Motors, depois da GMAC, empresa financeira da maior fabricante automóvel dos EUA, ter recebido a aprovação da Reserva Federal (Fed) para ser considerada um banco. O Dow Jones subia 0,45%, o Nasdaq ganhava 0,10% e o S&P500 avançava 0,43%.

Lara Rosa lararosa@negocios.pt 26 de Dezembro de 2008 às 14:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As praças norte-americanas seguem em alta impulsionadas pela General Motors, depois da GMAC, empresa financeira da maior fabricante automóvel dos EUA, ter recebido a aprovação da Reserva Federal (Fed) para ser considerada um banco. O Dow Jones subia 0,45%, o Nasdaq ganhava 0,10% e o S&P500 avançava 0,43%.

O índice industrial negoceia nos 8.506,31 pontos, o tecnológico nos 1.527,29 pontos e o S&P500 nos 871,86 pontos.

A empresa GMAC recebeu a aprovação da Fed norte-americana para se tornar um banco, o que está a levar a GM a valorizar uma vez que os investidores acreditam que esta medida poderá atrair mais clientes.

O mercado está a acreditar que a aprovação da autoridade monetária dos EUA vai facilitar os norte-americanos a aceder ao crédito, levando a um aumento das vendas da GM.

Os consumidores da maior economia do mundo não se têm comprometido com grandes despesas uma vez que a insegurança do mercado laboral, as dificuldades de aceder ao crédito e a queda do valor das casas não só diminuem o poder de compra como também aumentam as dúvidas quanto ao futuro.

A aprovação da Fed está assim a levar a General Motors a valorizar, seguindo a ganhar 12% para os 3,64 dólares. Ainda no sector automóvel a Ford avança 5,69% para os 2,23 dólares.

A impedir maiores ganhos nos índices de Wall Street estão as retalhistas que estão a ser penalizadas pelas notícias que mostram que a época natalícia foi caracterizada por uma redução das vendas. Os dados da SpendingPulse mostram que a despesas durante o Natal foi o mais baixo desde, pelo menos,2002.

A Best Buy recuava 0,15% para os 26,66 dólares e a Wal-Mart seguia pouco alterada mas em terreno negativo ao cair 0,05% para os 55,41 dólares.


Veja também:

As cotações dos principais índices

A evolução das acções do Dow Jones e Nasdaq 100

Ver comentários
Outras Notícias