Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Grupo EDP começa ano em níveis recorde e leva PSI-20 para máximos de fevereiro

A praça portuguesa terminou a primeira sessão do ano em máximos de fevereiro, à boleia dos ganhos superiores a 4% das duas cotadas do grupo EDP.

Capitalização bolsista da da EDP
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 04 de Janeiro de 2021 às 16:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 37
  • ...
O índice PSI-20 acompanhou o otimismo do resto da Europa e fechou esta primeira sessão do ano a valorizar 1,93% para os 4.993,00 pontos, o que representa um máximo desde fevereiro do ano passado.

Nesta que foi a melhor primeira sessão do ano desde 2012, com o PSI-20 a ultrapassar os 5.000 pontos a meio da sessão, o grupo EDP brilhou, com ambas as cotadas a renovarem máximos históricos. 

No caso da EDP o ganho foi de 4,19% para os 5,372 euros por ação, enquanto que a EDP Renováveis valorizou 5,40% para os 24,05 euros. 

A construtora Mota-Engil avançou 1,03% para os 1,378 euros por ação, num dia em que chegou a disparar cerca de 5%, depois de anunciado a adjudicação de um novo contrato à sua subsidiária Mota-Engil Engenharia & Construção África, no Gana, no montante total de 570 milhões de dólares.

O BCP subiu 1,70% para os 12,53 cêntimos por ação e a Nos avançou 1,68% para os 2,906 euros.

O dia foi igualmente positivo nas restantes praças europeias, que registaram ganhos a rondar 1%.

O início da vacinação com o antídoto da AstraZeneca e da Universidade de Oxford ofusca as notícias sobre a deterioração do vírus no próprio país e nos Estados Unidos, onde os internamentos bateram um novo recorde no fim de semana que passou. 
Ver comentários
Saber mais EDP Europa psi-20
Outras Notícias