Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Grupo EDP e Galp dão ganhos de 1% ao PSI-20

A bolsa nacional acompanha a tendência positiva das principais congéneres europeias, suportada sobretudo pela EDP, EDP Renováveis e Galp Energia.

A carregar o vídeo ...
Rita Faria afaria@negocios.pt 29 de Outubro de 2020 às 08:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

A bolsa nacional abriu em alta esta quinta-feira, 29 de outubro, depois de três sessões consecutivas de quedas, que levaram o principal índice nacional para o valor mais baixo em mais de cinco meses. Nesta altura, o PSI-20 valoriza 1% para 3.927,72 pontos.

Na Europa, a tendência é igualmente positiva com os principais índices a corrigirem parte da forte descida dos últimos dias e a subirem mais de 0,5%.

A contribuir para os ganhos estão também alguns resultados de empresas, superiores ao esperado, numa altura em que a pandemia e as novas medidas de restrição continuam no centro das preocupações do mercado.

Por cá, a energia é o setor que mais impulsiona o PSI-20, com destaque para a EDP Renováveis, que valoriza 2,59% para 15,86 euros, depois de ter revelado esta manhã que fechou os primeiros nove meses deste ano com lucros de 319 milhões de euros, o que representa uma quebra de 7% face os 342 milhões obtidos no mesmo período do ano passado.

Até setembro, o EBITDA caiu 12% para 1.074 milhões de euros enquanto as receitas desceram 8% para 1.259 milhões, com o impacto da queda da capacidade e do recurso eólico, assim como dos efeitos cambiais, a não ser compensado pelos preços de venda mais elevados.  

Ainda na energia, a EDP, que também apresenta as suas contas esta quinta-feira, avança 0,91% para 4,205 euros, e a Galp sobe 2,22% para 7,014 euros, depois das fortes quedas das últimas sessões. 

A contribuir para a subida do PSI-20 estão também a Jerónimo Martins, a Sonae e a Nos. 

A dona do Pingo Doce ganha 1,57% para 14,26 euros, depois de ter revelado ontem que os seus lucros desceram 18% até setembro para 219 milhões de euros. A Sonae soma 0,8% para 50,45 cêntimos e a Nos valoriza 0,88% para 2,966 euros. 

O BCP, que também divulga as suas contas ao mercado depois do fecho da sessão, desliza 0,43% para 7 cêntimos.

Ver comentários
Saber mais bolsa nacional PSI-20 Europa mercados
Outras Notícias