Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Há mais de um ano que a bolsa nacional não tinha um ciclo de ganhos tão grande

A bolsa terminou a semana com uma subida superior a 4,5%, sendo esta a quinta semana consecutiva de ganhos, o que não acontecia desde Fevereiro de 2014. A estrela foi a Galp que disparou quase 18%, destacando-se mesmo entre as maiores cotadas europeias.O PSI-20 já sobe mais de 30% este ano.

Investidores reagem com alguma apreensão ao resultados das eleições na Grécia no início da sessão
Reuters
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 10 de Abril de 2015 às 18:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 13
  • ...

O PSI-20 subiu 4,52% para 6.308,18 pontos, numa semana em que 14 acções estão a subir e quatro a descer. A semana foi marcada por máximos históricos entre as acções europeias, depois do Stoxx 600, o índice que agrega as 600 maiores cotadas europeias, a subir 3,80% neste período. A semana foi marcada por fusões e aquisições que animaram a negociação.

 

A operação mais marcante foi a da compra do BG Group por parte da Shell, por 47 mil milhões de libras (cerca de 64 mil milhões de euros) em dinheiro e acções, o que representa o maior negócio da indústria de gás e petróleo da última década.

 

Esta operação provocou uma subida acentuada no sector petrolífero e foi o que justificou a subida expressiva da Galp Energia esta semana. A petrolífera avançou 17,88% para 11,90 euros, naquele que foi o maior ganho semanal desde 28 de Novembro de 2008, semana em que apreciou mais de 20%. Apesar de não estar ligada directamente ao negócio, a petrolífera nacional poderá beneficiar dele. Entre o Stoxx 600 só houve duas cotadas que superaram o desempenho da Galp, o BG Group, que subiu 36,9% e a TNT Express, que disparou 27,08%, depois de ter sido alvo de compra por parte da FedEx.

 

A segunda cotada que mais apreciou na bolsa nacional foi a Semapa, ao avançar 11,9%, renovando máximos históricos. A Semapa terminou a última sessão a valer  14,185 euros, mas chegou a negociar nos 14,59 euros. Em máximos históricos esteve também a Portucel, tendo tocado nos 4,74 euros. A Portucel foi a terceira que mais apreciou na semana, com ambas as cotadas a beneficiarem com o aumento do valor dos dividendos.

 

Depois dos ganhos desta semana, a bolsa nacional passou a acumular um ganho de 31,35% desde o início do ano e negoceia em máximos de Julho de 2014.

 

Além da Portucel e da Semapa, houve outras seis cotadas que tocaram em máximos de, pelo menos, um ano: Sonae SGPS, Nos, Ren, EDP Renováveis, CTT e Altri.

Ver comentários
Saber mais bolsa PSI-20 mercados Galp
Outras Notícias