Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Hoje é dia de novidades na Apple. Conheça as principais apostas da conferência da marca de Tim Cook

O presidente executivo da Apple, Tim Cook, deverá apresentar várias novidades da marca ao final desta tarde, na abertura da WWDC, a conferência anual de "developers" da empresa.

Tim Cook, CEO da Apple, avaliada em 147,8 mil milhões de dólares
Bloomberg
Negócios 02 de Junho de 2014 às 17:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Esta segunda-feira, 2 de Junho, é um dia importante para os consumidores da Apple. Inicia-se a conferência anual de "developers" (WWDC), em São Francisco, no estado da Califórnia. O evento de abertura ficará a cargo do presidente executivo da marca, Tim Cook. Um momento aguardado com expectativa por ficar marcado pela apresentação de novos produtos.

 

Os dias e horas anteriores ao início da WWDC ficam sempre marcados por inúmeros rumores e especulações, sobretudo nos fóruns de aficionados da Apple. Esta conferência costuma assinalar o lançamento de actualizações ou de novo "software".

 

Para a sessão desta tarde, com início às 18h00, hora de Lisboa, é esperada a apresentação de uma nova actualização do sistema operativo iOS, específico para os "smartphones" e  "tablets" passando de iOS 7 para iOS 8.

 

A mais recente versão deverá contar com uma aplicação designada de "Healthbook", que agrega dados sobre a condição física do utilizador, prevendo mesmo a criação de um cartão de emergência. Menos provável é a actualização do "software" de mapas, segundo o portal "9to5mac", um dos mais credíveis junto da comunidade da Apple.

 

Os Macintosh deverão receber a décima versão do "software" OS X. Os principais nomes avançados são OS X Yosemite ou OS X El Cap. A versão 10.10 deverá suceder ao OS X Mavericks.

 

Uma das novidades previstas deverá ser a separação do sistema de rádio do iTunes. Uma aplicação separada para o éter permitirá competir mais facilmente com o principal concorrente no mercado de "streaming", o Spotify, segundo a mesma fonte.

 

O "Game Center", segundo a mesma fonte, é que deverá deixar de ser um sistema independente, passando a estar integrado com as aplicações de jogos quer do sistema iOS 8 quer do "software" OS X (para Macintosh).

 

Também menos provável é o anúncio, esta segunda-feira, da possibilidade de serem usadas duas aplicações, ao mesmo tempo, no iPad. Apesar de esta hipótese ter sido adiantada como provável pelo "9to5mac", esta possibilidade está a ser descartada pelo "The New York Times". Este jornal indica que a apresentação desta ferramenta só será feita quando estiver pronta a ser comercializada no iOS 8.

 

A hipótese de haver uma ligação entre um iPad e um Mac também está a ser testada, estando reservado um anúncio sobre esta possibilidade adiado para mais tarde.

 

Ainda no campo das aplicações, a Apple poderá anunciar uma ferramenta semelhante ao Shazam, conhecido como "software" de reconhecimento de músicas através da voz do utilizador.

 

Improvável lançamento de "hardware"

 

A WWDC costuma ser a conferência marcada pelo lançamento de "software" da marca. No entanto, alguns "sites" têm especulado sobre o lançamento do iPad Pro, uma versão aumentada do "tablet" da Apple e com o ecrã "Retina", de alta resolução.

 

Também praticamente excluído está o anúncio oficial do iPhone 6. A próxima versão do "smartphone" da marca deverá ser lançada em Agosto, em modelos com 4,7 e 5,5 polegadas.

 

Fora de questão está a apresentação do iWatch. O relógio da Apple só deverá ser dado a conhecer ao público mais perto do final do ano, indica a página "The Verge".

 

Esta será a primeira apresentação pública da Apple depois da aquisição da Beats Electronics por três mil milhões de dólares (2,2 mil milhões de euros), anunciada a 29 de Maio.

 

Os títulos da Apple estão a recuar 0,46% para 630,06 dólares.

Ver comentários
Saber mais Apple Tim Cook apresentação WWDC
Outras Notícias