Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Impasse nas negociações comerciais desanima Wall Street

Os principais índices bolsistas encerraram em baixa, com exceção do Nasdaq, penalizados sobretudo por novas indicações, menos animadoras, sobre o andamento das negociações comerciais entre Washington e Pequim.

Reuters
Negócios jng@negocios.pt 27 de Fevereiro de 2019 às 21:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O Dow Jones fechou a ceder 0,28% para 25.985,16 pontos e o Standard & Poor’s 500 deslizou 0,05% para 2.792,38 pontos.

 

Já o tecnológico Nasdaq Composite valorizou 0,07%, para 7.554,51 pontos.

 

As novidades sobre as negociações entre a China e os Estados Unidos ditaram hoje uma pressão negativa das bolsas do outro lado do Atlântico. Isto porque o representante comercial dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, afirmou que, para ser fechado um acordo, a China tem que oferecer mais do que promessas de aumentar as compras de bens norte-americanos.

 

Lighthizer reclamou "mudanças estruturais significativas" nas relações comerciais entre as duas maiores economias do mundo, levando o mercado a interpretar que as conversações que estão a decorrer entre Washington e Pequim podem, afinal, não estar a correr tão bem como se antecipava.

 

As bolsas acabaram por encerrar a ceder terreno, se bem que ligeiramente, mas o índice Nasdaq conseguiu contrariar a tendência ao fechar com uma subida marginal à conta do bom desempenho das cotadas do setor tecnológico.

Ver comentários
Saber mais Wall Street Standard & Poor's 500 Nasdaq Composite Dow Jones bolsa EUA
Outras Notícias