Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Índices americanos descem com subida na taxa de desemprego; Dow cai 2,39%

Os índices norte-americanos fecharam hoje em queda depois de a taxa de desemprego ter atingido o valor mais alto dos últimos quatro anos. O Nasdaq desceu 1,05% e o Dow Jones caiu 2,39%.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 07 de Setembro de 2001 às 21:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os índices norte-americanos fecharam hoje em queda depois de a taxa de desemprego ter atingido o valor mais alto dos últimos quatro anos. O Nasdaq desceu 1,05% e o Dow Jones caiu 2,39%.

O Nasdaq fechou a valer 1.687 pontos e o Dow Jones terminou o dia nos 9.605 pontos. O S&P 500 fechou no nível mais baixo dos últimos três anos

O Governo dos Estados Unidos anunciou hoje que a taxa de desemprego cresceu para os 4,9% em Agosto, contra os 4,5% registados em Julho e os 4,9% estimados pelos analistas.

Estes indicadores económicos confirmam o forte abrandamento da economia norte-americana, afastando para já o cenário de recuperação, que deverá a Reserva Federal norte-americana a baixar de novo as taxas de juro na próxima reunião de 2 de Outubro.

As empresas mais dependentes da evolução económica protagonizaram as maiores quedas na sessão, com a Boeing [BA] a descer 7,25% e a General Motors [GM] a cair 3,34%.

Nas tecnológicas a Microsoft e a Intel, que sustentaram a evolução do índice durante grande parte da sessão, também fecharam em queda

A Microsoft [MSFT], cuja divisão está agora afastada, desvalorizou 1,11% e a Intel, que ontem reafirmou as estimativas de vendas para o terceiro trimestre, caiu 0,80%.

O american depositary receipt (ADR) da Portugal Telecom (PT) fechou nos 6,30 dólares (6,95 euros ou 1.393 escudos), enquanto em Lisboa a empresa fechou nos 6,95 euros (1.393 escudos), a perder 2,11%.

O ADR da Electricidade de Portugal (EDP) fechou nos 26,50 dólares (29,22 euros ou 5.858 escudos), enquanto em Lisboa a empresa fechou nos 2,91 euros (583 escudos), a perder 0,34%. Cada ADR equivale a 10 acções da eléctrica nacional.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias