Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Índices americanos encerram a ganhar com aumento da confiança dos consumidores

As Bolsas americanas terminaram a subir, beneficiando do aumento da confiança dos consumidores dos EUA em Dezembro, que gerou expectativas de recuperação económica. O Nasdaq avançou 0,55% e o Dow Jones cresceu 0,06%.

João Mata 28 de Dezembro de 2001 às 21:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As Bolsas norte-americanas terminaram a subir, beneficiando do aumento da confiança dos consumidores dos Estados Unidos (EUA) em Dezembro, que gerou expectativas de recuperação económica. O Nasdaq avançou 0,55% e o Dow Jones cresceu 0,06%.

O Nasdaq [CCMP] fechou nos 1.987,26 pontos, enquanto o Dow Jones [INDU], referência da economia tradicional norte-americana, encerrou a marcar 10.136,99 pontos.

O índice que mede a evolução da confiança dos consumidores norte-americanos cresceu em Dezembro para os 93,7 pontos, face aos 84,9 pontos atingidos em Novembro, registando a maior subida mensal desde Fevereiro de 1998, segundo dados divulgados hoje pelo Conference Board.

A subida deste indicador, que superou as previsões dos analistas em cerca de 10 pontos percentuais, sugere que a maior economia mundial poderá encetar uma recuperação em breve, uma vez que aponta para um possível incremento do consumo, que representa cerca de 75% do produto interno bruto (PIB) dos EUA.

No sector tecnológico, o portal Yahoo avançou 2,98% para os 18,30 dólares (20,73 euros ou 4.156 escudos), enquanto a retalhista «online» Amazon.com trepou 2,83% para os 10,90 dólares (12,35 euros ou 2.476 escudos).

No Dow Jones, a fabricante automóvel General Motors somou 2,15% para os 49 dólares (55,51 euros ou 11.129 escudos) e os títulos do grupo financeiro Citigroup valorizaram 1,1% para os 51,34 dólares (58,16 euros ou 11.660 escudos).

O «American Depositary Receipt» (ADR) da Portugal Telecom (PT) cedeu 1,92% para os 7,65 dólares (8,67 euros ou 1.738 escudos), enquanto o da Electricidade de Portugal (EDP) subiu 0,23% para os 21,70 dólares (24,58 euros ou 4.928 escudos).

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias