Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Índices europeus registam a maior queda em dois dias dos últimos quatro anos

As bolsas europeias encerraram com fortes quedas pelo segundo dia consecutivo. Os principais índices europeus registaram a maior queda em dois dias dos últimos quatro anos e meio, aumentando para mais de 1 bilião de dólares (757 mil milhões de euros) a di

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 28 de Fevereiro de 2007 às 18:51
  • Partilhar artigo
  • ...

As bolsas europeias encerraram com fortes quedas pelo segundo dia consecutivo. Os principais índices europeus registaram a maior queda em dois dias dos últimos quatro anos e meio, aumentando para mais de 1 bilião de dólares (757 mil milhões de euros) a diminuição do valor global das acções europeias neste período.

O Dow Jones Stoxx 50 caiu hoje 1,77% para os 3.665,08 pontos, mantendo assim a mesma tendência registada ontem, dia em que este índice perdeu mais de 2,5%.

Este movimento de desvalorização foi iniciado na China na terça-feira, com os índices chineses a perderem cerca de 9% e a arrastarem os mercados internacionais, depois de alguns dados apontarem para um abrandamento da economia chinesa e do governo do país ter indicado que vai tomar medidas para combater práticas especulativas no mercado bolsista.

As bolsas registaram ontem quedas acentuadas, quer na Europa quer nos EUA. Um analistas consultado pela Bloomberg considera que estas quedas correspondem a uma correcção. "O mercado de acções chinês certamente não deverá ditar a direcção, portanto o facto é que os mercados estão à procura de uma desculpa" afirmou Andrew Popper, da SG Hambros, acrescentando que isto se trata de "uma correcção".

A contribuir para as quedas dos índices europeus esteve ainda a divulgação do dados sobre o crescimento económico norte-americano. O produto interno bruto (PIB) da maior economia do mundo, e que é o maior parceiro comercial da Europa, abrandou no quarto trimestre mais do que o esperado o que fez acentuar as perdas nos principais índices europeus.

O IBEX [ibex], o FTSE, o CAC [cac] e o DAX [dax] perderam hoje mais de 1% e o AEX [aex] desceu mais de 2%.

As quedas foram generalizadas, desde a banca, como acções como o BNP Paribas e o Deutsche Bank a perderem 1,75% para os 78,94 euros e 3,27% para os 99,25 euros, respectivamente, às tecnológicas, coma Telefónica a cair mais de 2%, a Deutsche Telekom a perder mais de 1% e a Siemens a cair quase 2,5%.

Outras Notícias