Bolsa ING em mínimos de quase dois meses com possibilidade de redução de postos de trabalho

ING em mínimos de quase dois meses com possibilidade de redução de postos de trabalho

O banco ING, segundo um relatório citado pela Bloomberg, prepara-se para anunciar o corte de milhares de postos de trabalho. A notícia está a penalizar as acções e levou o título a tocar em mínimos de quase dois meses.
ING em mínimos de quase dois meses com possibilidade de redução de postos de trabalho
Bloomberg
Ana Laranjeiro 30 de setembro de 2016 às 09:50

A banca europeia está a viver uma sessão negativa penalizada sobretudo pela queda das acções do Deutsche Bank. Mas não é apenas a instituição financeira germânica que está a preocupar o mercado.

O banco holandês ING negociou já esta sexta-feira, 30 de Setembro, em mínimos de perto de dois meses, com o título a ser penalizado por uma relatório que indica que a instituição prepara-se para, na próxima semana, anunciar milhares de cortes de empregos, segundo a Bloomberg.

Em Amesterdão, as acções do ING caíram já 4,61% para 10,355 euros, o que representa assim o valor mais baixo desde 2 de Agosto. Porém, por esta altura, estão a atenuar um pouco as perdas, descendo 3,55% para 10,47 euros.

"Actualmente, o grupo está activo em muitos mercados onde falta escala", disse Mathias de Wit, analista do KBC Securities em Bruxelas, à agência de informação. O responsável alertou também que, em epecial no segmento de crescimento e no segmento concorrencial, muitas operações do ING não têm a escala correcta, "o que leva a retornos abaixo do esperado o que dilui o retorno do grupo em acções".

A Bloomberg assinala ainda que o actual CEO do ING, Ralph Hamers, transformou a instituição num banco focado na Europa desde que assumiu o cargo em Outubro de 2013. O responsável estará a tentar expandir a concessão de empréstimos a empresas e famílias fora do mercado holandês numa altura em que as taxas de juro de referência estão próximas de zero e também numa época em que as exigências regulatórias para aumentar capital ameaçam os lucros, avança a agência de informação.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI