Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Jerónimo Martins e grupo EDP mantêm PSI-20 em queda

A bolsa nacional acompanha a tendência negativa das principais praças europeias, pressionada sobretudo pelo grupo EDP e pelo sector do retalho. Só duas cotadas negoceiam em terreno positivo.

Euronext bolsa
Bruno Simão/Negócios
Rita Faria afaria@negocios.pt 16 de Agosto de 2016 às 12:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

A bolsa nacional segue em terreno negativo esta terça-feira, 16 de Agosto, pela segunda sessão consecutiva, com o PSI-20 a descer 0,64% para 4.784,92 pontos. Das 18 empresas que formam o principal índice nacional, 15 estão em queda, duas em alta e uma inalterada.

Na Europa, o sentimento é igualmente negativo, numa altura em que o volume de negociação está cerca de 38% abaixo da média de 30 dias. O sector automóvel é o que mais pressiona, anulando as subidas das empresas produtoras de matérias-primas.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, desce 0,47% para 344,41 pontos.

No plano nacional, as perdas estão a ser provocadas sobretudo pela Jerónimo Martins e pelo grupo EDP. A empresa-mãe desce 0,84% para 3,075 euros enquanto a EDP Renováveis desliza 1,15% para 7,074 euros.

Ainda na energia, a Galp recua 0,07% para 13,34 euros, depois de ter atingido ontem um novo máximo de Setembro de 2014.

Já a Jerónimo Martins desvaloriza 1,19% para 14,925 euros, enquanto a sua congénere do sector, a Sonae, desliza 1,58% para 68,4 cêntimos. O CaixaBI estima que a empresa – que apresenta resultados esta quarta-feira - deverá ter fechado o primeiro semestre deste ano com lucros de 89 milhões de euros, uma quebra de 8% face aos 97 milhões registados no mesmo período do ano passado.

 

Numa nota de research divulgada na sexta-feira, o banco de investimento justifica a sua estimativa com a descida das margens operacionais e com o menor contributo da Sonae RP, a área de imobiliário de retalho da Sonae.

 

A contribuir para a queda do PSI-20 está também a Nos, com uma descida de 0,92% para 5,912 euros, e a Corticeira Amorim, que perde 1,6% para 8,50 euros, depois de ter atingido ontem um novo máximo histórico de 8,70 euros.

 

Na banca, o BCP desce 0,52% para 1,9 cêntimos e o BPI recua 0,27% para 1,126 euros.

 

As únicas cotadas do PSI20 que seguem com sinal positivo são a Navigator e a Pharol. A antiga Portucel ganha 0,34% para 2,991 euros e a Pharol sobe 1,11% para 18,2 cêntimos. 

Ver comentários
Saber mais Europa Jerónimo Martins grupo EDP EDP Renováveis bolsa nacional Europa Stoxx600
Mais lidas
Outras Notícias