Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lisboa fecha com ganhos. Seis cotadas avançam mais de 1%

A praça portuguesa acompanhou o dia positivo na Europa e somou o segundo dia consecutivo de ganhos.

A bolsa de Lisboa sobe mais de 14% desde o início da guerra, contrariando o movimento de correção das congéneres europeias e americanas.
Pedro Catarino
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 16 de Agosto de 2022 às 16:40
  • Partilhar artigo
  • 11
  • ...
O PSI avançou 0,66%, para os 6.235,43 pontos, acompanhando a tendência positiva vivida nas principais praças europeias.

Das 15 cotadas do índice nacional apenas três fecharam no vermelho e as restantes 12 terminaram o dia com saldo positivo. Mais. Seis das cotadas ganharam mais de 1%.

A Altri liderou as subidas, sendo mesmo a única empresa a registar uma valorização superior a 2%. A papeleira, que sofreu pesadas quedas em bolsa no início do mês, avançou 2,23%, para os 5,735 euros.

O setor energético voltou a ser protagonista. A Greenvolt ganhou 1,76% e renovou máximos históricos ao fechar nos 10,4 euros, depois de ter tocado durante o dia nos 10,52 euros. A EDP subiu 1,59%, enquanto a REN ganhou 1,28% e a EDP Renováveis valorizou 1,03%. A Galp, por seu turno, avançou 0,43%, apesar da queda de mais de 2% nos preços do petróleo nos mercados internacionais.

A ajudar o índice esteve ainda o BCP, que somou 1,13%, para os 0,152 euros.

Já a impedir maiores ganhos do PSI, a Jerónimo Martins, a cotada com maior peso no índice, recuou 1,32% após ser conhecido que foi condenada pelo regulador da defesa dos consumidores polaco devido a uma campanha promocional da sua cadeia de supermercados no país, a Biedronka.

Também no vermelho fecharam os CTT e a Semapa, com quedas de 1,18% e 1,1%, respetivamente.
Ver comentários
Outras Notícias