Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lisboa lidera ganhos na Europa com ganhos da Galp e do BCP

A bolsa nacional segue a valorizar e a liderar os ganhos entre as congéneres europeias, com o PSI-20 a somar 0,29%, impulsionado pela subida de mais de 2% da Galp Energia e a nova sessão de ganhos do BCP. A PT, que animou o arranque da negociação, inverte

Paulo Moutinho 22 de Abril de 2008 às 09:23

A bolsa nacional segue a valorizar e a liderar os ganhos entre as congéneres europeias, com o PSI-20 a somar 0,29%, impulsionado pela subida de mais de 2% da Galp Energia e a nova sessão de ganhos do BCP. A PT, que animou o arranque da negociação, inverteu e esteve já a perder mais de 1%.

O índice principal [psi20] avançava para os 11.152,42 pontos, com sete das vinte cotadas a valorizar, outras sete em queda e seis títulos inalterados. Com esta movimentação positiva, o mercado de capitais nacional liderava as subidas na Europa, num dia em que as principais praças seguem mistas. O IBEX desliza 0,5%, enquanto o CAC soma 0,23%.

A contribuir para os ganhos em Lisboa estão essencialmente a Galp Energia e o Banco Comercial Português (BCP). O maior banco privado nacional mantém a toada ascendente ao avançar 1,33% para 1,91 euros, isto depois de ontem ter sido revelado que a Sonangol continua a reforçar no capital da instituição e tem já uma participação de 7%.

Nos restantes títulos da banca, o BES [besnn] seguia a perder 0,08% para 12,14 euros, enquanto o BPI [bpin] recuava 0,14% para 3,58 euros, no dia em que vai revelar as suas contas referentes ao primeiro trimestre. Os analistas consultados pelo Jornal de Negócios estimam uma quebra de 20% nos lucros, em resultado da redução das receitas de "trading".

A Galp Energia [galp pl] volta a destacar-se nos ganhos. A petrolífera seguia a valorizar 1,64% para 16,78 euros, tendo já chegado a somar mais de 2% durante esta parte inicial da sessão. O mesmo não acontece com a EDP [edp]. A eléctrica recua 0,12% e está a transaccionar nos 4,14 euros, impedindo maiores ganhos no PSI-20.

A penalizar estão também a Cimpor [cimp] e a Mota-Engil [egl]. A cimenteira recuava 0,83% para 5,99 euros, já a construtora seguia a perder 0,87% para 5,70 euros, a aliviar da valorização de quase 9% acumulada nas últimas cinco sessões. A Mota-Engil beneficiou da confirmação do nome de Jorge Coelho para CEO.

Pela positiva destaque ainda para a Sonae Indústria [soni], que soma 1,27% para 4,77 euros, tendência que não é acompanhada pelos restantes títulos do grupo Sonae. A "holding" cede 0,43%, enquanto a Sonaecom [snc] desliza 1,36% para 1,27 euros. A Zon Multimedia [zon] seguia a valorizar 0,61% para 8,23 euros.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio