Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Negociação das acções do Sporting congelada após derrota no Jamor

A negociação das acções do Sporting está congelada após a derrota frente ao Desportivo das Aves e do momento de tensão que o clube atravessa.

Lusa
Tiago Varzim tiagovarzim@negocios.pt 21 de Maio de 2018 às 11:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...
Depois de uma semana de fortes oscilações, o Sporting iniciou esta segunda-feira sem a concretização de nenhuma operação bolsista. A negociação está congelada uma vez que não houve correspondência entre as ordens de venda e as de compra. Na semana passada, a cotada desvalorizou 5,92% para os 71,5 cêntimos por título.

As acções do Sporting não concretizaram nenhuma negociação na primeira chamada da semana que ocorreu às 10h30. De acordo com o site da Euronext, houve 19 ordens de venda entre 58 cêntimos e 71,5 cêntimos e 12 ordens de compra entre 71 cêntimos e 97 cêntimos por acção. 

Isto acontece um dia depois de o clube ter perdido a Taça de Portugal para o Desportivo das Aves, além do acumular de tensão durante a semana após os actos de violência na Academia de Alcochete. O caso está a ser investigado pela justiça. 

Neste momento a incerteza paira sobre o Sporting, principalmente no que toca à possibilidade de os jogadores rescindirem o contrato com o clube, o que levaria a avultados prejuízos. Na sequência destes eventos, a CMVM pediu esclarecimentos ao clube. Em resposta, o Sporting garantiu que não há jogadores suspensos nem intenções de rescisão.

Em cotadas como o Sporting que têm pouca liquidez ou pouca dispersão em bolsa, a negociação não é contínua, mas sim por chamada. Ou seja, as ordens só entram duas vezes por dia: uma às 10h30 e outra às 15h30. Assim, à tarde poderá haver negociação. 

Se as ordens que tiverem entrado corresponderem a uma variação superior a 10% (a partir da qual é espoletado o travão automático) o congelamento mantém-se. Contudo, esta regra impõe-se apenas na primeira chamada após a sessão anterior, sendo depois calculado outro valor na segunda chamada. 

Na passada quinta-feira, os títulos desvalorizaram 17,11% para os 63 cêntimos. Um dia depois, as acções corrigiram com uma valorização de 13,49% para os 71,5 cêntimos. 

Na sexta-feira passada, o clube anunciou que o resultado líquido da SAD do Sporting recuou 97%, nos primeiros nove meses do ano actual fiscal (que termina em Março). Durante este fim-de-semana, o clube conseguiu adiar o pagamento de um empréstimo de 30 milhões de euros para 26 de Novembro.
Ver comentários
Saber mais Sporting desporto futebol Liga dos Campeões bolsa PSI Geral
Outras Notícias