Bolsa Nomura: Sentimento do mercado “assemelha-se ao da véspera do colapso do Lehman”

Nomura: Sentimento do mercado “assemelha-se ao da véspera do colapso do Lehman”

O alívio de tensão recente poderá não ser duradouro, alerta o Nomura, que diz que o final de agosto poderá ser marcado por um “sell off” com uma dimensão semelhante ao vivido em 2008, aquando do colapso do Lehman Brothers.
Nomura: Sentimento do mercado “assemelha-se ao da véspera do colapso do Lehman”
reuters
Sara Antunes 08 de agosto de 2019 às 09:00

O Nomura antecipa dias negros no mercado bolsista. O banco de investimento admite que os próximos dias sejam marcados por subidas nas praças bolsistas, mas será sol de pouca dura e será um movimento falso, que deverá ser usado pelos investidores para venderem ações.

 

"Nesta altura pensamos que seria um erro afastar a possibilidade de um choque semelhante ao do Lehman como um mero risco", salienta o estratega da Nomura, Masanari Takada, numa nota publicada na terça-feira, 6 de agosto.

 

"O padrão do sentimento no mercado de ações norte-americano assemelha-se cada vez mais com o quadro da véspera do colapso do Lehman Brothers em 2008, que marcou o início da crise financeira global", acrescentou o mesmo responsável, citado pela CNBC.

 

"Antecipamos que qualquer subida no curto prazo não seja mais do que uma falsa questão, e pensamos que qualquer subida deverá ser encarada como uma oportunidade para vender como preparação para a segunda onda de volatilidade que esperamos que chegue no final de agosto ou início de setembro", salienta o banco de investimento.

 

"Acrescentamos que a segunda onda pode ser mais forte do que a primeira, como uma réplica que eclipsa o tremor de terra inicial", alerta o analista que assina a nota.

 

Os dados do Nomura apontam para uma "deterioração da procura por ações e uma quebra acentuada dos fundamentais", o que significa que os hedge funds e outros agentes do mercado estão, em alguns casos, a apostar numa grande queda no valor dos ativos.

 

A recente tendência tem tido semelhanças com o período de 2007/2008, o que leva o Nomura a prever que a possibilidade de um segundo "sell off" da dimensão do vivido em setembro de 2008, aquando do colapso do Lehman Brothers, está a aumentar.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI