Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nortel Networks pressiona índices americanos; Nasdaq recua 2,48%

A Nortel Networks condicionou hoje o desempenho dos índices norte-americanos, depois de produtora de fibra óptica ter revisto as previsões de receitas. O Nasdaq caiu 2,48% e o Dow Jones perdeu 1,48%.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 28 de Agosto de 2002 às 21:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Nortel Networks condicionou hoje o desempenho dos índices norte-americanos, depois de produtora de fibra óptica ter revisto as previsões de receitas. O Nasdaq caiu 2,48% e o Dow Jones perdeu 1,48%.

O Nasdaq terminou a valer 1.314,38 pontos e o Dow Jones fechou a valer 8.694.09 pontos.

A Nortel Networks anunciou que as receitas no terceiro trimestre fiscal deveriam sofrer uma queda de 10%, contra as anteriores previsões que apontavam para uma manutenção.

A companhia canadiana, que também anunciou o corte de mais 7 mil funcionários, deslizou 14,66% para os 1,63 dólares (1,66 euros).

O anúncio da Nortel arrastou as outras empresas que produzem fibra óptica, com a Lucent Technologies a derrapar 10,05% e a Corning a cair 13,1%.

A pressionar também as companhias tecnológicas, a Goldman Sachs disse hoje que a Sun Microsystems deverá anunciar uma revisão em baixa dos resultados. A produtora de servidores caiu 6,6%.

A petrolífera Exxon Mobil caiu 2,98% para os. Segundo um responsável da Organização dos Países exportadores de Petróleo (OPEP), o cartel poderá vir a aumentar a produção de crude no próximo mês para prevenir um aumento dos preços, num cenário de maior procura.

A Hewlett Packard subiu 0,63%. Ontem, já após o fecho do mercado, a empresa que recentemente procedeu à compra da Compaq Computer, anunciou resultados trimestrais que foram ao encontro das expectativas dos analistas.

A Philip Morris cresceu 3,53% depois de ter anunciado que vai aumentar o dividendo do trimestre, uma notícia bem acolhida pelos investidores.

A Intel desceu 2,04%, a Microsoft caiu 2,87% e o Citigroup deslizou 2,89%.

Os investidores centrarão as suas atenções amanhã na divulgação da segunda estimativa da evolução do produto interno bruto nos Estados Unidos, no segundo trimestre deste ano.

O american depositary receipt (ADR) da Portugal Telecom (PT) fechou a descer 0,31% para os 6,4 dólares (6,53 euros), enquanto em Lisboa a empresa fechou nos 6,54 euros.

O ADR da Electricidade de Portugal (EDP) fechou a cair 0,73% até aos 16,43 dólares (16,78 euros), enquanto em Lisboa a empresa fechou nos 1,65 euros. Cada ADR equivale a 10 acções da eléctrica nacional.

Outras Notícias