Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Optimismo em torno da recuperação anima bolsas europeias

O sentimento que se vive hoje nas praças europeias é positivo, com os mercados a reflectirem o optimismo dos investidores em torno da recuperação da economia mundial. A contribuir para este movimento estão os indicadores económicos publicados na China e no Japão.

Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 01 de Abril de 2010 às 11:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O sentimento que se vive hoje nas praças europeias é positivo, com os mercados a reflectirem o optimismo dos investidores em torno da recuperação da economia mundial. A contribuir para este movimento estão os indicadores económicos publicados na China e no Japão.

Os principais índices do Velho Continente registam ganhos em torno de 1%, seguindo a tendência dos mercados asiáticos. Isto depois dos indicadores divulgados na segunda e terceira maiores economias do mundo, que reforçaram a confiança na recuperação da economia mundial.

A manufactura na China expandiu-se a um ritmo mais acelerado, enquanto uma sondagem do Banco do Japão revelou que a confiança entre os maiores industriais do país subiu pelo quarto trimestre consecutivo.

“O crescimento está a regressar”, avançou Chu Moon Sung, gestor de fundos no Shinhan BNP Paribas em Seul, citado pela agência Bloomberg.

O índice europeu Dow Jones Stoxx 600 está a negociar nos níveis mais elevados em 18 meses. O “benchmark” para a Europa soma 1,01% para os 266,23 pontos. O índice fechou os primeiros três meses do ano com um ganho de 3,8%, o quarto trimestre consecutivo de valorizações.

O Stoxx 600 prepara-se para terminar a quinta semana de subidas, a mais longa série de valorizações em cerca de um ano. Desde os mínimos fixados a 9 de Março do ano passado, este índice avança perto de 69%, animado pelos sinais crescentes de que a economia está a recuperar.

A liderar os ganhos está o AEX que avança 1,28% para os 348,61 pontos. Segue-se o francês CAC que aprecia 1,14% para os 4.019,37 pontos. Em Madrid, o IBEX avança 0,85% para os 11.096,32 pontos, enquanto o londrino FTSE aprecia 0,91% para os 5.731,15 pontos. O DAX está a negociar nos 6.209,63 pontos, o que representa uma valorização de 0,91%.

Também em alta estão a negociar as matérias-primas, o que impulsiona as fabricantes de “commodities”. O índice europeu para o sector industrial regista um ganho de 1,26%, mas é o sector da banca que mais aprecia. O índice Dow Jones Stoxx para o sector financeiro sobe 1,36%.

Mais de 1% avança também o índice que congrega as empresas europeias do sector de “oil&gas”, num dia em que o petróleo negoceia em máximos de 17 meses. Este sector soma 1,24%.

Os principais mercados europeus estarão encerrados amanhã e na próxima segunda-feira, pelo que apenas retomarão a negociação na terça-feira da próxima semana.

Os futuros dos índices norte-americanos também estão a negociar em alta, o que antecipa uma abertura positiva do outro lado do Atlântico. Os futuros do Nasdaq ganham 0,14%, enquanto os futuros do S&P500 avançam 0,48%. O seu desempenho deverá ser condicionado pelos dados económicos que estão agendados, nomeadamente os pedidos de subsídio de desemprego da semana passada.

Veja também:

As cotações dos principais índices
A evolução das acções das bolsas de
Espanha, França, Holanda e Alemanha



Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias