Bolsa "Pesos pesados" derrubam PSI-20 e colocam bolsa no vermelho

"Pesos pesados" derrubam PSI-20 e colocam bolsa no vermelho

Jerónimo Martins, Galp e BCP são os "pesos pesados" que se destacam no espetro vermelho da bolsa nacional, num dia de pessimismo nas principais praças europeias.
A carregar o vídeo ...
Ana Batalha Oliveira 12 de junho de 2019 às 08:11
A bolsa nacional abriu em queda, com o principal índice, o PSI-20, a desvalorizar 0,50% para os 5.181,02 pontos. São apenas três as cotadas a subir, doze a descer e também três a ficar inalteradas. Esta é a primeira sessão em queda depois de um ciclo de seis sessões no verde.

Na Europa, o sentimento é igualmente negativo. A travar o otimismo nos mercados está o mais recente anúncio por parte de Trump acerca da guerra comercial coma China: o presidente dos Estados Unidos confirmou que aplicará tarifas adicionais sobre as importações chinesas caso não exista acordo com Xi Jinping na conferência do G-20, que se realiza a 28 e 29 de junho.

Ainda na agenda europeia estão os discursos de vários membros do Banco Central Europeu, incluindo o presidente Mario Draghi. Os responsáveis pela política monetária do Velho Continente falam numa conferência em Frankfurt depois de, na semana passada, ter dado um sinal que a política de estímulos poderá manter-se por mais tempo e ter garantido que as taxas de juro diretoras vão manter-se em mínimos históricos até ao final do primeiro semestre de 2020.

Por cá, a Jerónimo Martins lidera as perdas, ao deslizar 1,03% para os 14,43 euros. A Galp fecha o pódio das quedas ao ceder 0,87% para os 13,68 euros e o BCP segue-se com uma quebra de 0,84% para os 26 cêntimos. 

A petrolífera segue a deslizar em sintonia com as cotações de petróleo. O barril de Brent, negociado em Londres e referência para a Europa, cai 1,65% para os 61,26 dólares. A matéria-prima cede depois de ter sido divulgado um relatório que prevê uma subida nos inventários dos Estados Unidos, isto numa altura em que os stocks já se encontram no nível mais elevado em dois anos. 

 (Notícia atualizada às 08:20)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI