Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petrolíferas anulam perdas das bolsas europeias causadas pelos receios de atentados

As bolsas europeias anularam parte dos ganhos registados durante a maior parte da sessão, depois de os EUA terem anunciado o encerramento do Capitólio devido a suspeitas de falhas na segurança, aumentando os receios relacionados com actos terroristas.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 18 de Setembro de 2006 às 17:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas europeias anularam parte dos ganhos registados durante a maior parte da sessão, depois de os EUA terem anunciado o encerramento do Capitólio devido a suspeitas de falhas na segurança, aumentando os receios relacionados com actos terroristas.

O edifício do Capitólio, onde está alojado o Congresso norte-americano, foi encerrado devido à entrada de um veículo suspeito. O motorista do veículo já está detido pela autoridades policiais, de acordo com um porta-voz da polícia do Capitólio. Esta notícia teve um impacto negativo nas bolsas europeias, anulando os ganhos.

A atenuar as quedas estiveram as petrolíferas, como a BP e a Shell, as principais responsáveis pela subida do principal índice londrino, num dia em que o petróleo esteve grande parte do dia a valorizar devido aos receios de que o Irão e a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) reduzam o fornecimento da matéria-prima.

As tecnológicas, por seu lado, contribuíram para as perdas, depois da CSR, fornecedora de microchips para equipamentos móveis da Nokia, ter revisto em baixa as previsões de vendas para este ano.

Ainda a evitar maiores perdas estiveram novas notícias sobre ofertas públicas de aquisição (OPA). A MAN lançou hoje uma OPA sobre a Scania, que recusou a oferta. As acções da Scania subiram mais de 5%.

Ver comentários
Outras Notícias