Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petrolíferas e resultados impulsionam bolsas europeias

As principais praças europeias fecharam a valorizar, impulsionadas pelas petrolíferas, com os preços do barril do petróleo a negociarem perto do valor mais elevado das últimas sete semanas. Empresas como a Allianz e como a Inditex também animaram a sessão

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 29 de Março de 2006 às 17:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As principais praças europeias fecharam a valorizar, impulsionadas pelas petrolíferas, com os preços do barril do petróleo a negociarem perto do valor mais elevado das últimas sete semanas. Empresas como a Allianz e como a Inditex também animaram a sessão depois de terem apresentado resultados acima das expectativas. O Dow Jones Stoxx 50 ganhou 0,21% para os 3.505,23 pontos.

As cotações do crude e da gasolina estão a subir em Nova Iorque, depois de o Departamento norte-americano da Energia ter divulgado que as reservas de gasolina caíram mais do que o esperado na semana terminada em 24 de Março.

O West Texas Intermediate ganha 0,12%, para 66,15 dólares por barril, no mercado nova-iorquino. A gasolina também está a acompanhar o movimento de subida. Em Londres, o «brent» do Mar do Norte valoriza 0,40%, nos 65,23 dólares.

A beneficiar com a forte valorização dos preços da matéria-prima estão os títulos das petrolíferas, como a BP e a Royal Dutch Shell que avançaram 0,83% e 0,82% para os 668,5 pence e 25,82 euros, respectivamente. As duas empresas impulsionaram os índices britânico e holandês.

O FTSE subiu 0,40% para os 5.959,20 pontos enquanto o AEX avançou 0,27% para os 468,99 pontos com a Ahold a travar maiores ganhos com uma queda de 4,57% para os 6,68 euros. A retalhista, que detém 49% da Jerónimo Martins retalho, foi hoje afectada pelo facto de ter reduzido as suas previsões de vendas anuais devido ao aumento de concorrência nos EUA. As acções desvalorizaram um máximo de 5,3%.

A Total contribuiu para subida de 0,59% para os 5.180,25 pontos do CAC. A petrolífera francesa ganhou 0,42% para os 217,2 euros.

A Allianz, que anunciou hoje que os lucros da sua unidade de seguros de vida registaram em 2005 um acréscimo de 31% para os 347,5 milhões de euros, apreciou 1,58% para os 137,69 euros e levou o DAX a ganhar 0,41% para os 5.914,78 pontos.

O IBEX subiu 0,37% para os 11.817,30 pontos impulsionado pela Inditex que avançou 3,42% para os 31,44 euros, depois da detentora da cadeia de lojas Zara ter anunciado que os lucros dos três meses terminados em Janeiro atingiram os 282,7 milhões de euros, superando a estimativa de 269 milhões do analistas consultados pela Bloomberg.

Ver comentários
Outras Notícias