Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Praças europeias encerram mistas penalizadas por perdas em Wall Street

As principais praças europeias encerraram mistas depois da divulgação de indicadores económicos desfavoráveis nos Estados Unidos. A queda da produção industrial americana influenciou o desempenho das praças europeias.

Joaquim Madrinha 15 de Novembro de 2002 às 17:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As principais praças europeias encerraram mistas depois da divulgação de indicadores económicos desfavoráveis nos Estados Unidos. A queda da produção industrial americana influenciou o desempenho das praças europeias.

A pesar do aumento da confiança dos consumidores norte-americanos, a queda da produção industrial delineou o comportamento das praças americanas e europeias.

O anúncio da Merril Lynch que aconselhou os investidores a vender os títulos da Intel e das empresas produtoras de «chips» também influenciou os mercados. O Nasdaq seguia a perder 1,32% e o Dow Jones descia 0,76%.

O IBEX35 [IBEX] encerrou a ganhar 0,09% para os 6.277,1 pontos com a Telefónica e o Banco Bilbao Viscaya (BBVA) e Argentaria a «aguentarem» o índice. A Telefónica encerrou a ganhar 0,62% para os 9,81 euros enquanto o BBVA subiu 0,31%.

No FTSE [UKX] o banco HSBC impulsionou o índice para uma valorização de 0,95% a cotar nos 4.091,6 pontos. O HSBC encerrou a valer 7,28 libras (11,44 euros) acumulando uma valorização de 7,14%.

O CAC40 [CAC] valorizou 0,44% para os 3.162,39 pontos. A AXA subiu 3,74% para os 14,15 euros e o BNP Paribas cresceu 2,35% para os 42,68 euros.

O DAX [DAX] perdia 0,74% para os 3.164,84 pontos com a DaimlerChrysler a desvalorizar 2,89% para os 32,24 euros. A Siemens seguia a valorizar 1,725 para os 47,20 euros.

O AEX subiu 0,75% para os 338,17 pontos com a Philips a crescer 3,81% para os 17,99 euros.

Outras Notícias