Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Praças europeias seguem em queda pressionadas pelas tecnológicas

As principais bolsas europeias seguem em queda, pressionada pelas tecnológicas, incluindo a Alcatel e a Ericsson, após a Cisco Systems defender que os clientes estão a ficar «mais cautelosos» em relação ao crescimento económico.

Susana Domingos sdomingos@negocios.pt 11 de Agosto de 2004 às 11:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As principais bolsas europeias seguem em queda, pressionada pelas tecnológicas, incluindo a Alcatel e a Ericsson, após a Cisco Systems defender que os clientes estão a ficar «mais cautelosos» em relação ao crescimento económico.

O Dow Jones Stoxx 50 descia 0,81% para 2.556,05 pontos. A ASML e a Infineon recuavam após um relatório ter revelado que o preço dos «chips» pode cair.

O DAX [DAX] alemão recuava 1,48% para os 3.665,68 pontos, com a Infineon a liderar as perdas com uma queda de 3,8% para os 8,02 euros, seguida da SAP que recuava 2,5%.

Na praça londrina, o FTSE 100 [FTSE] descia 0,67% para os 4.321,70 pontos, com a BP Amco a deslizar 1,5% para os 499,25 pences, com as acções a iniciarem a negociação em ex-dividendo.

Em Paris, o CAC 40 [CAC] seguia com perdas de 0,89% para os 3.501,65 pontos, com a Alcatel a liderar as quedas com um recuo de 5,2% para os 9,23 euros.

Em Madrid, o IBEX 35 [IBEX] depreciava 0,33% para os 7.629,20 pontos, pressionado pela Endesa que descia 1,2% para os 14,63 euros, seguida da Iberdrola que recuava 0,8% para os 16,46 euros.

Em Amesterdão, o índice AEX recuava 0,88%, para 313,45 pontos, com a ASM International a cair 3,5%, para 11,95 euros, o nível mais baixo de cotação dos títulos da segunda maior fabricante de semicondutores da Europa em 15 meses.

Ver comentários
Outras Notícias