Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Práticas contabilísticas irregulares arrastam acções americanas

Os índices norte-americanos seguiam a descer, ignorando a subida do produto interno bruto no quarto trimestre, depois de mais uma empresa dos EUA ter anunciado que apresentou resultados com práticas contabilísticas irregulares.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 30 de Janeiro de 2002 às 15:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os índices norte-americanos seguiam a descer, ignorando a subida do produto interno bruto no quarto trimestre, depois de mais uma empresa dos EUA ter anunciado que apresentou resultados com práticas contabilísticas irregulares.

O Nasdaq descia 1,01% para os 1.873,79 pontos e o Dow Jones caia 0,17% até aos 9.601 pontos.

A economia americana cresceu 0,2% no quarto trimestre de 2001, quando os analistas estimavam que registasse uma quebra de 1,1%.

Hoje a petrolífera Anadarko anunciou que os resultados anunciados incorporaram praticas contabilísticas irregulares, pelos que os lucros apresentados não são verdadeiros.

Já ontem a Tyco International e a Williams tinham anunciado a utilização de métodos de contabilidade que provocaram apreensões nos investidores americanos, que temem que sejam várias as empresas a empolarem os resultados, sobretudo depois do caso Enron.

As acções de «software» e de Internet também caiam, depois de a Veritas e a AOL Time Warner terem anunciado resultados que desiludiram os analistas.

A AOL caia 7,12%, a Veritas descia 7,45%, a Yahoo desvalorizava 5,83% e a Level 3 deslizava 18,48%.

No Dow Jones as descidas eram lideradas pela Disney, que caia 5,06% e pela AT T, que perdia 3,65% após anunciar uma queda nos lucros do quarto trimestre. A General Electric descia 4,14%.

Outras Notícias