Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 abre no "vermelho" com BCP e EDP Renováveis a tombarem mais de 1%

Das 19 cotadas da bolsa nacional, 13 estão a cair e apenas três estão a registar ganhos. O BCP é a cotada que mais perde, com uma desvalorização de 1,31%. Na Europa, a abertura foi também em baixa, numa altura de grande volatilidade nas negociações.

A carregar o vídeo ...
Joana Almeida JoanaAlmeida@negocios.pt 02 de Dezembro de 2021 às 08:26
  • Partilhar artigo
  • 16
  • ...
A bolsa portuguesa abriu esta quinta-feira no "vermelho", em linha com as principais praças europeias que estão ainda a ser penalizadas pela nova variante da covid-19. O principal índice português, o PSI-20, perde 0,56% para 5.443,23 pontos, pressionado sobretudo pelas descidas do BCP e do grupo EDP.

Das 19 cotadas do PSI-20, 13 estão a cair e apenas três estão a registar ganhos. O BCP é a cotada que mais perde, com uma desvalorização de 1,31%, para 0,14 euros. Por ser um ativo mais sensível ao risco, o setor da banca tem sido um dos mais penalizados pela incerteza provocada pela ómicron, a nova variante da covid-19.

Entre os pesos-pesados com perdas acima de 1% destacam-se também a EDP Renováveis e a Galp Energia. No caso da Galp, a queda de cerca de 20% registada no barril do petróleo, negociado quer na Europa como nos Estados Unidos, tem feito derrapar o valor da petrolífera em bolsa e do setor da energia em geral.

A travar maiores perdas do PSI-20 está a Jerónimo Martins, que sobe 0,18% para 19,44 euros.

Na Europa, a abertura foi também em baixa, numa altura em que se verifica uma grande volatilidade nas negociações com as principais praças a procurarem encontrar uma direção face à ausência de informações sólidas sobre a nova variante de covid-19, que tem vindo a assustar os mercados a nível mundial.

Os investidores estão a digerir também as declarações do presidente da Fed, Jerome Powell, que veio alertar que a inflação não deverá ser apenas "temporária", como têm defendido os bancos centrais, e que deve ser ponderada uma retirada mais rápida de estímulos à economia.

Ver comentários
Saber mais PSI-20 bolsa mercado e câmbios economia negócios e finanças
Outras Notícias