Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 apoia-se na EDP e Nos para fechar em alta ligeira

A bolsa nacional chegou ao fim da sessão desta quinta-feira em terreno positivo, fechando assim em linha com os ganhos também verificados na generalidade das praças europeias. Subidas da EDP e da Nos impulsionaram índice lisboeta.

Miguel Baltazar
Negócios jng@negocios.pt 25 de Junho de 2020 às 16:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 14
  • ...
O índice PSI-20 fechou a sessão desta quinta-feira, 25 de junho, a ganhar ténues 0,04% para 4.373,86 pontos, com 10 cotadas em queda e as restantes oito em alta, isto num dia em que a bolsa losboeta chegou a negociar no menor valor desde 15 de junho. 

As principais bolsas do velho continente registaram ganhos, tendo o principal índice grego registado a principal exceção com uma queda de 2,5%, isto numa sessão em que Wall Street transaciona no vermelho. Já o índice de referência europeu Stoxx600 ganhou terreno tirando partido da valorização de quase todos os setores, exceção feita aos setores turístico e imobiliário, duas áreas especialmente atingidas pelos efeitos da crise pandémica. 

A justificar a inexistência de uma tendência clara na Europa e nos Estados Unidos está sobretudo o aumento da apreensão dos investidores quanto ao número crescente de contágios em território norte-americano, assim como em alguns países europeus. O receio prende-se com a possibilidade destes contágios colocarem em causa os processos em curso de normalização da atividade económica. 

No plano nacional, EDP e Nos destacaram-se pela positiva e contribuíram decisivamente para a pequena valorização obtida pela praça lisboeta. A elétrica somou 1,31% para 4,175 euros, enquanto a operadora de telecomunicações ganhou 1,05% para 3,84 euros. 

Também a impulsionar esteve a EDP Renováveis (+0,86% para 11,74 euros), a Galp Energia (+0,71% para 10,655 euros) e a Sonae (+0,24% para 63,5 cêntimos). 

Em sentido inverso e a travar uma maior subida do PSI-20 esteve em especial a Navigator, que perdeu 3,20% para 2,12 euros, e o BCP, que desvalorizou 0,45% para 11 cêntimos por ação.

No papel o sentimento foi negativo já que também a Altri (-1,90% para 4,12 euros) e a Semapa (-2,18% para 8,07 euros) fecharam no vermelho.

Já a ORES Portugal, Sociedade de Investimento e Gestão Imobiliária (SIGI) da Sonae Sierra e do Bankinter que se estreou ontem na bolsa portuguesa, voltou a não ver negociado qualquer título.


(Notícia atualizada)
Ver comentários
Saber mais Bolsa Nacional PSI-20 BCP EDP EDP Renováveis
Outras Notícias