Bolsa PSI-20 sobe para máximos de quatro meses com JM a disparar 4,5%

PSI-20 sobe para máximos de quatro meses com JM a disparar 4,5%

A bolsa nacional registou a maior subida diária desde 4 de janeiro, tendo mesmo tocado no valor mais alto em praticamente quatro meses. A valorizações da Jerónimo Martins, do BCP e da Galp impulsionaram.
PSI-20 sobe para máximos de quatro meses com JM a disparar 4,5%
Tiago Sousa Dias
David Santiago 05 de fevereiro de 2019 às 16:42

O índice PSI-20 encerrou a sessão desta terça-feira, 5 de fevereiro, a ganhar 1,48% para 5.169,42 pontos, com 13 cotadas em alta, três em queda e duas inalteradas, pondo fim a um ciclo de dois dias consecutivos no vermelho. O principal índice bolsista nacional transacionou em máximos de quase quatro meses (desde 10 de outubro) e registou a maior valorização diária desde 4 de janeiro.

A praça lisboeta seguiu a tendência de fortes ganhos que marcou a sessão desta terça-feira na Europa, dia em que os setores europeus do petróleo e do retalho estiveram em destaque. O índice de referência Stoxx600 negociou em máximos de 3 de dezembro, completando a sexta sessão consecutiva em alta, o que representa a mais longa série de ganhos desde Setembro do ano passado.

No plano nacional o maior destaque coube à Jerónimo Martins, com a retalhista a disparar 4,46% para 13,01 euros, numa sessão em que negociou em máximos de setembro. Uma valorização que aconteceu na sequência de um discurso em que o primeiro-ministro da Polónia, Mateusz Morawiecki, anunciou que o governo está a avaliar os efeitos da legislação que proíbe grande parte do comércio ao domingo, e que serão anunciadas decisões "num futuro próximo".

Ainda no retalho, a Sonae ficou-se por uma ligeira subida de 0,05% para 0,9105 euros. 

Nota também para a Galp Energia, que somou 3,35% para 14,325 euros, com a petrolífera a transacionar no valor mais alto desde 21 de janeiro, e para o BCP, com o banco a apreciar 2,39% para 0,2355 euros. 

Do lado dos ganhos mais acentuados, destaque ainda para o setor do papel: a Semapa somou 1,61% para 15,12 euros, a Navigator cresceu 1,38% para 4,264 euros e a Altri subiu 0,84% para 7,23 euros. 
 
No vermelho negociou a Nos, com a operadora de telecomunicações a ceder 0,09% para 5,62 euros numa sessão em que transacionou no valor mais baixo desde 24 de janeiro. 

Por fim e fora do PSI-20 o destaque vai para a Impresa que disparou 12,25% para 0,2245 euros, tirando partido das melhores audiências da SIC desde 2005. 

(Notícia atualizada às 16:56)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI