Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 avança quase 2% com EDP Renováveis de novo em máximo histórico

A bolsa nacional avança em força, com 17 cotadas no verde, mas com o grupo EDP em destaque.

A carregar o vídeo ...
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 04 de Janeiro de 2021 às 08:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • 28
  • ...

A bolsa nacional abriu em forte alta, com o PSI-20 a subir 1,82% para os 4.987,65 pontos. O índice nacional recupera depois de duas sessões no vermelho, com quase a totalidade das cotas – 17 – a exibirem-se no verde.

Na Europa o ambiente é igualmente de alguma euforia, com as principais praças a valorizarem igualmente mais de 1%. Hoje é o dia em que o Reino Unido estreia mais uma vacina, aquela desenvolvida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford. Os investidores seguem otimistas quanto ao caminho da vacinação e agarram-se também aos estímulos que têm vindo a ser lançados.

Em Lisboa, o grupo EDP puxa pelo índice nacional, com a elétrica a valorizar 3,03% para os 5,31 euros, ao mesmo tempo que a subsidiária de energias limpas, a EDP Renováveis, avança 2,41% para os 23,35 euros. O braço para as renováveis do Grupo EDP foi a cotada do PSI-20 que mais se destacou em 2020, tendo valorizado 117%, tornando-se, de longe, a segunda mais valiosa da bolsa portuguesa, só superada pela casa-mãe.

Outros pesos pesados que seguem fortes no verde são o BCP, que soma 1,87% para  os 12,55 cêntimos, a Galp, a avançar 1,71% para os 98,90 euros e a Nos, a subir 1,47% para os 2,90 euros.

A Mota-Engil também alinha no verde e apresenta uma valorização de 1,03% para os 1,38 euros, depois de, antes da abertura, ter anunciado que ganhou um novo contrato de 570 milhões de dólares no Gana, em África.

 

(Notícia atualizada às 08:22)

Ver comentários
Saber mais PSI-20 EDP Renováveis economia negócios e finanças mercado e câmbios bolsa
Outras Notícias