Bolsa PSI-20 cai mais de 1% com Navigator a perder quase 5%

PSI-20 cai mais de 1% com Navigator a perder quase 5%

A bolsa nacional negociou em queda pela terceira sessão consecutiva pressionada pela queda de quase 5% da Navigator e pela descida 1,5% do BCP.
A carregar o vídeo ...
David Santiago 21 de junho de 2018 às 16:43
O PSI-20 fechou a sessão desta quinta-feira, 21 de Junho, a perder 1,13% para 5.471,65 pontos, com 15 cotadas em queda e as restantes três em alta. Foi a terceira sessão seguida em que o principal índice nacional transaccionou em terreno negativo num dia em que o PSI-20 tocou em mínimos de 31 de Maio.

A bolsa nacional acompanhou a tendência de quedas que predominou nas principais praças europeias numa sessão em que o índice de referência europeu Stoxx 600 transaccionou no valor mais baixo desde 26 de Abril. A penalizar o sentimento na Europa está a escolha de dois elementos eurocépticos da Liga para liderarem as comissões relacionadas com áreas económicas e financeiras nas duas câmaras do parlamento transalpino, o que levou a uma forte subida dos juros e à queda da bolsa de Milão


No plano nacional o destaque pela negativa vai para a Navigator que desvalorizou 4,72% para 4,926 euros com a cotada a tocar em mínimos de 7 de Maio. No sector do papel este foi um dia negativo também para a Semapa que perdeu 1,35% para 22 euros. Já a Altri contrariou o sentimento ao avançar 0,37% para 8,19 euros. 

Também a penalizar de forma decisiva a bolsa lisboeta esteve o BCP, que recuou 1,62% para 0,267 euros, a Pharol, que afundou 5,06% para 0,244 euros, e a Mota-Engil, que deslizou 3,88% para 2,85 euros. 

O sector energético também pressionou, com a REN a perder 1,76% paa 2,348 euros, a EDP a resvalar 0,45% para 3,344 euros e a EDP Renováveis a cair 0,42% para 8,285 euros. Em contraciclo, a Galp Energia somou 0,10% para 15,61 euros. 

Nota negativa ainda para os CTT (-1,45% para 2,99 euros) e para a Nos (-0,85% para 4,676 euros).


A impedir uma maior descida do PSI-20 esteve a Jerónimo Martins que avançou 0,69% para 13,085 euros, com a retalhista a recuperar parcialmente das perdas acumuladas nas últimas sessões.  

(Notícia actualizada às 16:55)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI