Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 tem mais longa série positiva em dois meses com "locomotiva" BCP a ganhar mais de 4%

O principal índice da bolsa portuguesa somou a quinta sessão consecutiva positiva, naquela que é já a mais longa série de ganhos dos últimos dois meses. As ações do BCP destacaram-se ao escalarem mais de 4%.

A bolsa portuguesa destaca-se com uma escalada de 20% em menos de mês e meio.
Miguel Baltazar
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 26 de Julho de 2021 às 16:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 44
  • ...
O PSI-20 avançou 0,49%, para os 5.100,90 pontos, somando a quinta sessão consecutiva no verde, o que constitui a mais longa série positiva desde meados de maio. As ações do BCP, que apresenta resultados esta tarde, foram as "estrelas" do dia.

Os títulos do banco liderado por Miguel Maya ganharam 4,15%, encerrando nos 12,80 cêntimos, no dia em que serão conhecidos os resultados semestrais.

Após um arranque do dia em tons de vermelho, a bolsa nacional acabou por inverter. Das 18 cotadas do índice foram 10 as que terminaram a jornada em alta, enquanto oito registaram perdas.

Além do BCP, a Galp avançou 1,92%, no dia em que reportou lucros de 166 milhões de euros no primeiro semestre.

Com ganhos robustos estiveram ainda a Ramada, que somou 3,45%, a Altri, com uma subida de 1,64%, bem como os CTT, que avançaram 1,24%, a Navigator, que pulou 1,21%, e a Sonae, com uma valorização de 1,07%.

A travar os ganhos do índice esteve o grupo EDP, com a EDPR a ceder 1,05%, para 20,76 euros, e a EDP a deslizar 0,81%, para 4,532 euros, num dia em que o Deutsche Bank iniciou a cobertura destas duas cotadas.

A Jerónimo Martins também limitou a subida do PSI-20, ao recuar 0,69%, fechando nos 16,565 euros.
Ver comentários
Outras Notícias