Bolsa PSI-20 em alta com BCP a somar quase 3% e JM com maior ciclo de ganhos num ano

PSI-20 em alta com BCP a somar quase 3% e JM com maior ciclo de ganhos num ano

A bolsa lisboeta fechou em terreno positivo e em máximos de três semanas num dia em que o BCP avançou perto de 3% e em que a Jerónimo Martins valorizou pela sétima sessão consecutiva, a mais longa série de ganhos desde fevereiro do ano passado.
A carregar o vídeo ...
David Santiago 28 de fevereiro de 2019 às 16:41
O índice PSI-20 fechou a sessão desta quinta-feira, 28 de fevereiro, a ganhar 0,45% para 5.185,43 pontos, com nove cotadas em alta e as outras nove em queda, num dia em que tocou no valor mais alto em três semanas (desde 7 de fevereiro). Na última sessão de fevereiro, a praça lisboeta termina o mês com uma valorização superior a 1%, no segundo mês seguido com saldo positivo. 

A bolsa nacional seguiu os ganhos também verificados nas principais praças europeias, numa altura em que o índice de referência europeu sobe ligeiramente, impulsionado em especial pela subida do setor da banca. Tal como o principal índice nacional, também o Stoxx600 fecha fevereiro com saldo positivo e uma valorização em torno de 4%. 

No plano nacional o BCP foi a estrela da sessão ao somar 2,90% para 0,241 euros, no quarto dia consecutivo a acumular ganhos por parte do banco liderado por Miguel Maya que transacionou no valor mais alto em três semanas. 

Foi uma sessão favorável também para o setor do retalho, com a Sonae a apreciar 1,30% para 0,938 euros, e a Jerónimo Martins a subir 0,38% para 13,25 euros. A dona dos supermercados Pingo Doce completou mesmo a sétima sessão seguida a ganhar valor, o que representa o ciclo mais longo de ganhos desde meados de fevereiro do ano passado. 

Continuando a elencar as cotadas que mais subiram, a Corticeira Amorim valorizou 4,02% para 10,08 euros. Nota positiva ainda para a EDP que avançou 1,03% para 3,225 euros e para a REN que cresceu 0,23% para 2,61 euros. A EDP Renováveis subiu ténues 0,06% para 8,27 euros, enquanto a Galp Energia contrariou o sentimento dominante no setor energético com uma queda de 1,06% para 14,43 euros. 

A travar uma descida mais acentuada da bolsa nacional esteve o setor do papel: a Navigator perdeu 1,15% para 4,31 euros, a Semapa caiu 0,65% para 15,34 euros e a Altri resvalou 0,42% para 7,18 euros. 

(Notícia atualizada às 16:47)



pub

Marketing Automation certified by E-GOI