Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 fecha no vermelho com EDP Renováveis a cair mais de 3,7%

A bolsa de Lisboa fecha a sessão desta quinta-feira em terreno negativo, num dia em que a EDP Renováveis liderou as quedas, ao ceder 3,73%.

Apesar dos alertas sobre os custos, só uma empresa (a Ibersol) – das 16 que apresentam contas trimestrais – continua com prejuízos no acumulado dos primeiros nove meses do ano.
Sérgio Lemos
Cátia Rocha catiarocha@negocios.pt 02 de Dezembro de 2021 às 16:44
A bolsa de Lisboa fechou a sessão desta quinta-feira em terreno negativo, a acompanhar as quedas que também pautaram o dia na Europa. Mais uma vez, a variante ómicron, que está a ser detetada em mais países europeus, pesou no sentimento dos investidores.

O PSI-20 caiu 0,92% para 5.432,80 pontos, num dia em que 11 cotadas fecharam no vermelho, sete em alta e uma inalterada. A EDP Renováveis liderou as quedas em Lisboa, ao depreciar 3,73% para 21,70 euros, num dia em que o setor das "utilities" caiu mais de 2% na Europa. O "tombo" da empresa de energias renováveis do grupo EDP acontece num dia em que o Deutsche Bank até subiu o preço-alvo da EDP e EDP Renováveis. No caso da EDPR, o Deutsche Bank elevou o preço-alvo para 24 euros por ação , o que reflete um potencial de 10,5% face ao preço de fecho desta quinta-feira. 

Já a casa-mãe, a EDP, caiu 1,66% na negociação desta quinta em Lisboa, fechando a cotar nos 4,75 euros. A nota de research do Deutsche Bank, assinada pelo analista Olly Jeffery, mantinha a recomendação de "buy" para a EDP, mas elevou o preço-alvo das ações da companhia para 5,6 euros, um potencial de 17,99% face ao preço de fecho desta sessão. 

A Galp desvalorizou 0,28% nesta sessão, para 8,45 euros, enquanto a Greenvolt cedeu 2,11% para 6,04 euros. Ainda no setor da energia, a REN valorizou 0,4% para 2,49 euros. 

No retalho, o peso-pesado Jerónimo Martins caiu 0,36% em Lisboa, a cotar nos 19,34 euros. 

Já entre as papeleiras, a Navigator fechou também no "vermelho", a cair 0,57% para 3,12 euros, enquanto a Ramada cedeu 0,31% para 6,48 euros e a Altri esteve em terreno positivo, a valorizar 0,69% para 5,12 euros. 

Do lado dos ganhos, a Novabase esteve em destaque, a valorizar 1,02% para 4,95 euros por ação e a liderar os ganhos em Lisboa. A Ibersol registou a segunda maior subida em Lisboa, a avançar 0,75% para 5,4 euros. 

Nas telecomunicações, a Nos valorizou 0,06% para 3,34 euros. 

(notícia atualizada)
Ver comentários
Saber mais PSI-20 bolsa de Lisboa bolsa mercados
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio