Bolsa PSI-20 não segura recuperação e volta às quedas com EDPR a descer 4%

PSI-20 não segura recuperação e volta às quedas com EDPR a descer 4%

A bolsa nacional está a cair depois de duas sessões de fortes ganhos, penalizada sobretudo pela EDP Renováveis, que desvaloriza 4%
A carregar o vídeo ...
Rita Faria 26 de março de 2020 às 08:09

Depois de duas sessões de fortes ganhos, a bolsa nacional voltou para terreno negativo esta quinta-feira, 26 de março, acompanhando a tendência de quebras da generalidade das praças europeias. O PSI-20 desliza 0,77% para 3.924,97 pontos, com 12 cotadas em queda, quatro em alta e duas inalteradas.

Apesar de os Estados Unidos terem aprovado um gigantesco plano de ajuda à economia, de cerca de 2 biliões de dólares, os investidores parecem estar focados no aumento global de número de infetados e mortes devido ao novo coronavírus e na incerteza em relação à evolução da pandemia.

A maioria dos índices asiáticos encerrou a sessão em queda e, na Europa, os principais índices seguem a perder mais de 2%.

Por cá, as cotadas do grupo EDP são das que mais penalizam o índice nacional, com a EDP Renováveis a deslizar 4% para 9,36 euros e a casa-mãe a cair 1,16% para 3,568 euros.

A pressionar estão também o BCP, que perde 1,19% para 10,77 cêntimos, e a Nos, que recua 1,96% para 3,114 euros.

Do lado dos ganhos seguem a Jerónimo Martins, a Galp Energia e a REN. A retalhista valoriza 1,02% para 15,815 euros, a Galp soma 0,27% para 9,648 euros e a REN avança 0,91% para 2,21 euros, depois de ter revelado ontem que fechou o ano de 2019 com lucros de 119 milhões de euros, um aumento de 2,8% face ao ano anterior.

Para estes resultados contribuíram a melhoria em 9% dos resultados financeiros e "uma contribuição positiva da operação no Chile", explicou a empresa liderada por Rodrigo Costa em comunicado emitido à CMVM na quarta-feira, 25 de março.



(Notícia atualizada às 08:16)




Marketing Automation certified by E-GOI