A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 no vermelho com EDP e BCP a pressionar. Navigator subiu após resultados positivos

A bolsa lisboeta fechou em terreno negativo pelo quarto dia seguido, sobretudo penalizada pelas quedas da EDP e do BCP. Já a Navigator somou acima de 2% um dia depois de apresentar resultados robustos.

A bolsa portuguesa tem sido incapaz de atrair novas empresas para o mercado de capitais português.
Miguel Baltazar
David Santiago dsantiago@negocios.pt 29 de Julho de 2020 às 16:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...
O índice PSI-20 encerrou a sessão desta quarta-feira, 29 de julho, a perder 0,27% para 4.395,60 pontos, com nove cotadas em queda e as restantes nove em alta. 

Foi a quarta sessão consecutiva a perder valor para o principal índice nacional, isto num dia em que as principais bolsas europeias se repartiram entre ganhos e perdas, pese embora com prevalência no vermelho. Na Europa, os setores automóvel e da banca foram os que mais pressionaram enquanto o imobiliário e o retalho registaram as subidas mais expressivas. 

O sentimento dos investidores foi sobretudo condicionado pela expectativa em torno da decisão que a Reserva Federal vai revelar ainda esta tarde sobre o rumo da respetiva política monetária. A convicção generalizada dos analistas é a de que a Fed acabará por assegurar que os juros diretores na maior economia mundial irão continuar em níveis próximos de zero para assegurar maior suporte à recuperação económica. 

EDP e BCP foram as cotadas que mais pressionaram em Lisboa. A elétrica recuou 2,13% para 4,311 euros numa altura em que os direitos ao aumento de capital continuam a negociar em bolsa (caíram 8,42% para 0,087 euros), e o BCP caiu 1,48% para 10,01 cêntimos no dia seguinte ao banco liderado por Miguel Maya ter reportado lucros de 76 milhões de euros no primeiro semestre de 2020, uma quebra de 55% face ao período homólogo.

Ainda a empurrar o PSI-20 para o vermelho esteve a Galp Energia (-1,94% para 9,402 euros), a REN (-0,60% para 2,475 euros) e a Sonae (-0,90% para 60,75 cêntimos). 

Em sentido inverso, Navigator e Jerónimo Martins foram as cotadas que mais impulsionaram a praça lisboeta. A produtora de pasta de papel somou 2,23% para 2,204 euros depois de ontem ter divulgado lucros de 44 milhões de euros nos primeiros seis meses deste ano. Apesar de se tratar de uma quebra superior a 50% face ao primeiro semestre de 2019 e de as vendas de papel terem recuado, a cotada conseguiu aumentar as vendas de pasta e de tissue no período considerado, mesmo com a pandemia.

O restante setor do papel acompanhou a tendência, com a Altri a ganhar 0,56% para 4,278 euros e a Semapa a subir 0,38% para 7,93 euros. Nota positiva também para a Nos (+1,72% +ara 3,906 euros) e os CTT (+1,09% para 2,31 euros).

A Jerónimo Martins e a REN apresentados os respetivos resultados referentes ao exercício financeiro no primeiro semestre esta tarde. 

(Notícia atualizada)
Ver comentários
Saber mais Bolsa Nacional PSI-20 BCP EDP Jerónimo Martins REN EDP Renováveis Navigator Semapa Altri Nos CTT
Mais lidas
Outras Notícias