Bolsa PSI-20 perde pela segunda sessão com BCP e papeleiras a pesar

PSI-20 perde pela segunda sessão com BCP e papeleiras a pesar

O índice nacional alinha no sentimento negativo que assola a Europa. O BCP e as papeleiras destacam-se entre as cotadas em queda.
A carregar o vídeo ...
Ana Batalha Oliveira 09 de outubro de 2019 às 08:15
A bolsa nacional abriu em queda com o principal índice, o PSI-20, a descer 0,2% paraos 4.903,55 pontos. Esta é a segunda sessão de perdas para o índice nacional e contam-se dez cotadas no vermelho contra quatro no verde e quatro inalteradas. 

As principais praças europeias seguem envoltas em sentimento negativo numa semana de encontro marcado entre os Estados Unidos e a China mas na qual as tensões comerciais voltam a elevar-se. Washington decidiu incluir oito empresas chinesas na lista negra dos Estados Unidos e a China deixou a ameaça de que deveria retaliar em breve. Ainda a agravar a discórdia, estão de novo as notícias de que a Casa Branca estará a preparar-se para apertar o fluxo de capitais entre o território norte-americano e o território chinês, nomeadamente através do seu fundo de pensões. O objetivo é evitar que se financie o crescimento da China.

A contrabalançar estiveram as declarações do presidente da Reserva Federal norte-americana, Jerome Powell, que anunciou ontem que a Fed vai retomar a compra de ativos, num esforço para evitar uma repetição da recente turbulência nos mercados monetários. 

Por cá, o BCP é o peso pesado em destaque no vermelho, seguindo com uma quebra de 0,47% para os 19 cêntimos. A liderar as perdas está a Altri, a qual cai 1,15% pra os 5,15 euros, tendo já descido a um mínimo de março de 2018. De acordo com os analistas do Caixabank BPI, esta papeleira "tem sido um título particularmente penalizado na atual conjuntura bolsista (marcada pela incerteza em relação à economia global e que se traduz por uma maior aversão às ações cíclicas), desvalorizando-se 15% desde o início do mês. De recordar que o maior comprador de pasta de papel é a China, pelo que a evolução da indústria depende muito da conjuntura macroeconómico deste país", lê-se na nota diária. 

Também outra par do setor, a Navigator, fica pelo terreno negativo. A cotada cede 0,66% para os 3,03 euros.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI