A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 recupera com força da maior queda em quatro meses

As ações da EDP e da EDP Renováveis somam mais de 1%.

A carregar o vídeo ...
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 16 de Outubro de 2020 às 08:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

A bolsa nacional abriu em alta, em linha com o desempenho das principais praças europeias, numa sessão de recuperação dos índices europeus, que na quinta-feira foram fortemente penalizados pelo crescimento da pandemia na região.

O PSI-20 soma 0,92% para 4.233,48 pontos, com 14 cotadas em alta, três em queda e uma sem variação.

Ontem o índice português tinha fechado com todas as cotadas vermelho e a cair mais de 2%, naquela que foi a queda diária mais forte em quatro meses.

O Stoxx600 soma 0,78% para 365,65 pontos depois de ontem ter fechado a cair mais de 1% devido às restrições impostas por diversos países para conter a pandemia.

Hoje o dia está a ser positivo depois de duas das maiores empresas europeias terem reportado resultados acima do esperado. Foi o caso da LVMH, que dispara 6,3% depois de ter anunciado que lucros muito acima do esperado. A Daimler avança 4,1% depois de também ter reportado lucros acima do esperado devido à recuperação das vendas e corte de custos.  A puxar pelos índices está também Thyssenkrupp, que dispara 23% depois do Der Spiegel ter noticiado que a Liberty Steel vai fazer uma oferta pela unidade de aço da companhia.

A bolsa nacional está a ser impulsionada pelas cotadas que foram ontem mais penalizadas. É o caso da EDP, que soma 1,59% para 4,549 euros depois de ontem ter fechado a sessão a cair mais de 4%. A EDP Renováveis valoriza 1,55% para 17,08 euros.

Ainda no setor energético a Galp Energia avança 1,02% para 8,154 euros numa sessão em que o petróleo continua a perder terreno nos mercados internacionais (Brent desce 1,2% para 42,64 dólares).


O BCP também recupera do tombo que levaram as ações ontem para mínimos históricos. O banco arrancou a sessão a subir 0,91% para 7,73 cêntimos.


Entre as cotadas com ganhos mais fortes, a Semapa avança 2,54% para 7,26 euros e os CTT valorizam 2,22% para 2,53 euros.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias