Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 reforça máximos de 10 de junho com BCP a subir 1%

As bolsas europeias negoceiam em terreno positivo em reação ao acordo histórico alcançado esta madrugada no Conselho Europeu.

A carregar o vídeo ...
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 21 de Julho de 2020 às 08:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O PSI-20 abriu a subir 0,38% para 4.550,6 pontos, com 14 cotadas em alta, uma em queda e três sem variações.

O índice da bolsa portuguesa reforça máximos de 10 de junho e segue o desempenho positivo das principais praças europeias, que reagem com ganhos ao acordo histórico alcançado esta madrugada no Conselho Europeu, onde os líderes europeus aprovaram o plano de relançamento da economia com base no orçamento para 2021-2027 e no Fundo de Recuperação que no total mobilizam 1,82 biliões de euros.

Destaque para as ações da EDP, que valorizam 0,14% para 4,543 euros, nesta que é a primeira sessão em que negoceiam destacadas dos direitos de subscrição do aumento de capital. Ontem a cotação das ações, que está em máximos de 5 de março, ajustou para 4,537 euros para refletir este destaque.

O BCP é o título que mas puxa pelo PSI-20, com uma valorização de 1% para 11,1 cêntimos.

O contributo dos restantes pesos pesados é mais tímido, com a Galp Energia a somar 0,1% para 10,345 euros e a Jerónimo Martins mesmo a pressionar com uma queda de 0,13% para 14,935 euros.

A Pharol repete a posição de liderança nas maiores subidas do PSI-20. Os títulos sobem 3,37% para 11,66 cêntimos depois de no sábado ter sido anunciado que a operadora brasileira Oi – onde a cotada portuguesa tem uma participação – recebeu uma proposta no valor de 1,076 mil milhões de reais (174,6 milhões de euros) pela sua unidade de torres.

Ver comentários
Saber mais PSI-20 bolsa nacional Europa Stoxx600 mercados bolsas energia
Mais lidas
Outras Notícias