Bolsa PSI-20 regista maior ciclo de subidas desde julho

PSI-20 regista maior ciclo de subidas desde julho

A bolsa nacional ainda não fechou em terreno negativo em 2019. O ciclo de seis subidas consecutivas completado nesta sessão é o maior desde julho.
A carregar o vídeo ...
Tiago Varzim 07 de janeiro de 2019 às 16:41

A bolsa nacional arrancou a semana com uma sessão positiva, depois de ter registado na sexta-feira a melhor sessão dos últimos dois anos e meio. Com seis subidas consecutivas, o PSI-20 regista o maior ciclo de valorizações desde julho de 2018. A praça lisboeta destoou face ao sentimento negativo que dominou nas bolsas europeias.

Na Europa, a tendência é maioritariamente negativa. O Stoxx 600, índice que agrega as 600 principais cotadas europeias, está a desvalorizar 0,3%. A bolsa de Lisboa, assim como a de Milão, são a exceção. O PSI-20 subiu 0,9% para os 4.923,87 pontos. A bolsa nacional ainda não registou perdas no ano novo, negociando agora em máximos de um mês.

Inicialmente as bolsas inicialmente estavam animadas perante a iminência de um acordo entre os Estados Unidos e a China para resolver a disputa comercial, mas depois inverteram. Há ainda outro foco de atenção dos investidores:a primeira-ministra britânica levará o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia a votação no parlamento a 15 de janeiro. A preocupação com o Brexit e a desaceleração económica sobrepuseram-se ao otimismo face ao acordo comercial. 

Em Lisboa, a história foi diferente com a maior parte das cotadas fechou em alta. O BCP destaca-se ao valorizar 2,66% para os 24,7 cêntimos. Destaque ainda para as ações dos CTT que subiram 2,43% para os 3,122 euros, as da Semapa que somaram 1,94% para os 13,66 euros e as da Jerónimo Martins que avançaram 1,56% para os 10,75 euros. 

Mas a maior valorização foi protagonizada pela Mota-Engil cujas ações subiram quase 6%. "As ações da Mota-Engil registaram uma valorização bastante significativa, suportada em parte pelo comportamento positivo dos mercados emergentes", explicam os analistas do BPI no comentário de fecho desta segunda-feira, 7 de janeiro. 

A travar os ganhos do PSI-20 esteve o grupo EDP. Tanto a EDP como a EDP Renováveis desvalorizaram ligeiramente nesta sessão. A Nos também fechou em baixa.

(Notícia atualizada às 16h50)




Marketing Automation certified by E-GOI