Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 regressa ao verde com grupo EDP a dar energia

A bolsa nacional fechou a primeira sessão desta semana em terreno positivo, acompanhando assim os ganhos também alcançados pela generalidade das principais praças do velho continente. Setores da energia e do papel impulsionaram em Lisboa, tal como as subidas conseguidas pelo BCP e pelos CTT.

bolsa mercados euronext
Miguel Baltazar
David Santiago dsantiago@negocios.pt 29 de Junho de 2020 às 16:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
O índice PSI-20 encerrou a sessão desta segunda-feira, 29 de junho, a somar 0,77% para 4.392,67 pontos, com 14 cotadas em alta, três em queda e uma inalterada no valor de fecho da passada sexta-feira.. 

A bolsa lisboeta transacionou em linha com as subidas também alcançadas pelas principais praças do velho continente. Os ganhos neste arranque semanal da negociação bolsista foram apoiados pelos mais recentes dados económicos positivos, o que permitiu contrabalançar a apreensão crescente dos investidores quanto ao crescimento de novos casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus.

Assim, o índice de referência europeu Stoxx600 valorizou graças à subida de todos os setores exceção feita à quebra registada pelo imobiliário. A impulsionar o sentimento nos mercados esteve sobretudo o facto de o setor industrial chinês ter voltado aos lucros, o que já não acontecia desde novembro do ano passado.
Em Lisboa foi o grupo EDP que deu mais energia. A EDP subiu 1,60% para 4,247 euros e a EDP Renováveis cresceu 1,33% para 12,16 euros, sendo que a cotada liderada por Manso Neto tocou na cotação mais elevada desde 9 de junho. Continuando no setor energético, a Galp Energia avançou 0,29% para 10,43 euros. 

Também o setor do papel transacionou em alta. A Navigator apreciou 0,94% para 2,148 euros, a Semapa ganhou 0,88% para 8,07 euros e a Altri valorizou 0,72% para 4,17 euros. 

Ainda do lado das subidas, destaque para a Sonae, que somou 2,22% para 64,55 cêntimos, para os CTT, que avançaram 2,61% para 2,16 euros, e ainda para o BCP, que terminou o dia com uma subida de 0,47% para 10,80 cêntimos. 

A travar uma maior subida do principal índice nacional esteve sobretudo a Jerónimo Martins, tendo a retalhista recuado 0,13% para 15,765 euros.

(Notícia atualizada)
Ver comentários
Saber mais Bolsa Nacional PSI-20 EDP EDP Renováveis Galp BCP CTT Altri Semapa Navigator
Mais lidas
Outras Notícias