Bolsa PSI-20 segue baixa acentuada da Europa com Galp e BCP em forte queda

PSI-20 segue baixa acentuada da Europa com Galp e BCP em forte queda

As bolsas europeias abriram em forte queda, penalizadas pelas novas tarifas que Donald Trump anunciou sobre a China. O índice português desce 1,5% e já atingiu mínimo de mais de sete meses.
A carregar o vídeo ...
Nuno Carregueiro 02 de agosto de 2019 às 08:16

O PSI-20 desce 1,5% para 4.938,28 pontos, com 14 cotadas em queda, três sem variação e apenas uma em alta. O índice português já tocou nos 4.934,56 pontos, o que corresponde ao nível masi baixo desde 14 de janeiro. 

 

Nas praças europeias o arranque da sessão também está a ser fortemente negativo, em linha com o comportamento das bolsas asiáticas e norte-americanas, depois de Donald Trump ter anunciado novas tarifas à China. Em Wall Street os índices fecharam a cair mais de 1%, no Japão as quedas foram em redor de 2% e na bolsa chinesa as quedas foram ainda mais intensas. O Stoxx600 abriu a cair mais de 1% e são vários os índices nacionais (como o CAC e o AEX) que marcam perdas acima de 2%.

 

O presidente norte-americano disse que a partir de 1 de setembro os EUA vão impor tarifas alfandegárias adicionais de 10% sobre o equivalente a 300 mil milhões de dólares de produtos chineses que entrarem no país. Isto depois dos reveses na tentativa de retoma das negociações comerciais entre Washington e Pequim.

 

Com estas tarifas, todos os produtos chineses passam a ter taxa adicional à entrada nos Estados Unidos, visto que já foram impostas tarifas de 25% sobre o equivalente a 250 mil milhões de dólares. O total passa assim a 550 mil milhões.

 

Em Lisboa a tendência é de quedas generalizadas. O Banco Comercial Português desce pela oitava sessão, marcando uma queda de 2,26% para 22,52 cêntimos, um mínimo de 27 de março.

 

A Galp Energia afunda 3,53% para 13,52 euros, penalizada pela queda acentuada do petróleo (o Brent ontem chegou a descer mais de 8%) e pelo corte de recomendação do Goldman Sachs para "vender".

 

A Navigator, Sonae, Altri, CTT e Jerónimo Martins também marcam perdas acima de 1%. A empresa dos correios desce 1,82% para 1,891 euros e já atingiu um novo mínimo histórico nos 1,902 euros. Entre as 18 cotadas do PSI-20, apenas a Semapa negoceia em alta.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI