Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 sobe com pesos pesados alinhados no verde. Novabase ganha quase 5% após resultados

O índice nacional alinha com a Europa no verde, impulsionado por pesos como a EDP, EDP Renováveis, Galp e BCP.

A bolsa portuguesa tem sido incapaz de atrair novas empresas para o mercado de capitais português.
Miguel Baltazar
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 31 de Julho de 2020 às 08:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...
A bolsa nacional abriu em alta, com o índice nacional, o PSI-20, a avançar 0,65% para os 4,333,51 pontos. Esta sexta-feira, nenhuma cotada está em queda - apesar de cinco se manterem inalteradas - depois de, na última sessão, o registo negativo ter sido generalizado dentro deste índice.

Lá fora, os investidores dividem-se entre o amargo que fica da maior quebra de sempre no produto interno bruto norte-americano e, por outro lado, os resultados mais doces das grandes tecnológicas. Amazon, Facebook e Apple apresentaram lucros que superaram todas as expectativas dos analistas (no caso da primeira, multiplicou-as por sete). 

Em Lisboa, destaca-se o grupo EDP. A elétrica está a subir 1,05% para os 4,34 euros e a EDP Renováveis segue-a de perto com uma subida de 1,01% para os 14 euros.

O Santander subiu hoje a recomendação das ações da EDP, de manter para comprar, tendo definido um preço-alvo de 4,65 euros que implica um potencial de mais de 8% face à cotação de ontem, avançou a Bloomberg.

Ainda a sustentar estão os pesos pesados BCP, Galp e Jerónimo Martins, que somam, respetivamente, 0,82% para os 9,87 cêntimos, 0,73% para os 9,15 euros e 0,56% para os 14,27 euros. 

Em destaque n terreno positivo está ainda a Novabase, que lidera os ganhos ocm uma subida de 4,76% para os 3,30 euros. Esta cotada ganha protagonismo na primeira sessão em que negoceia desde que apresentou resultados. A Novabase alcançou um resultado líquido de 4,8 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, valor que representa o triplo dos lucros de 1,6 milhões que tinham sido registados em igual período do ano passado. A justificar os resultados esteve o crescimento do volume de negócios, em particular na área de tecnologias de próxima geração.
Ver comentários
Saber mais PSI-20 mercados bolsa nacional investidores Euronext Lisboa Europa
Mais lidas
Outras Notícias