Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 veste vermelho no último dia do ano com Jerónimo, BCP e Galp a pressionarem

A bolsa nacional segue cabisbaixa de mãos dadas com as restantes praças europeias, à medida que se aproxima a reta final do ano.

A bolsa portuguesa tem sido incapaz de atrair novas empresas para o mercado de capitais português.
Miguel Baltazar
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 31 de Dezembro de 2020 às 08:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

A bolsa nacional termina o ano em baixa, com o PSI-20 a resvalar 0,48% para os 4.898,28 pontos. A grande maioria das cotadas -14 – apresentam uma tendência negativa, restando apenas uma no verde, fora as três que seguem inalteradas.

No último dia do ano a sessão nas praças europeias será mais curta, com as negociações a terminarem pelas 13h00 (hora de Lisboa). Apesar de o ano terminar com as ações a nível mundial a tocarem máximos de sempre, apostando na recuperação económica, no curto-prazo a covid-19 continua a não dar tréguas e a contribuir para refrear um pouco os ânimos. As mortes por esta doença a nível global estão a aproximar-se dos 2 milhões e cidades que passaram semanas sem infeções, voltam a registá-las, como é o caso de Pequim e Melbourne.

Em Lisboa, o pesado "trio" Jerónimo Martins, BCP e Galp puxa o PSI-20 para terreno negativo. A retalhista cede 0,68% para os 13,81 euros, o banco desce 0,64% para os 12,43 cêntimos e a Galp recua 0,48% para os 8,72 euros.

A Galp termina 2020 a destacar-se pela negativa, com a maior quebra entre as pares do índice nacional – perdeu mais e 41% desde janeiro. A descida é percorrida de mãos dadas com o petróleo, que também conta um saldo negativo (de cerca de 20%) no ano.  Mediatamente antes, fica a Nos, a descer acima de 40%, e em terceiro lugar o BCP, a rondar os 39%. No extremo oposto evidencia-se a EDP Renováveis, que disparou quase 120%, e segue-se a EDP, com uma valorização de 37,80%.

O índice português deverá, desta forma, terminar 2020 com uma quebra anual em torno dos 6%, mantendo a sequência que se verifica desde 2014 de visitar o vermelho ano sim, ano não. 

(Notícia atualizada às 08:35)

Ver comentários
Saber mais PSI-20 bolsa mercados Euronext cotadas empresas índice nacional Lisboa Europa
Outras Notícias