Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI20 cai 1,4% na semana arrastado por TMT; Modelo Continente ganha 6,7%

O PSI20 recuou 1,4% esta semana, com as empresas de tecnologias, media e telecomunicações a liderarem as perdas. A Modelo Continente subiu 6,7%, depois da oferta pública de aquisição (OPA) lançada pela Sonae SGPS na semana passada.

João Mata 15 de Fevereiro de 2002 às 18:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O PSI20 recuou 1,4% esta semana, com as empresas de tecnologias, media e telecomunicações a liderarem as perdas. A Modelo Continente subiu 6,7%, depois da oferta pública de aquisição (OPA) lançada pela Sonae SGPS na semana passada.

O PSI20 [PSI20] encerrou hoje a marcar 7.435,28 pontos, com sete empresas a ganhar, 11 a desvalorizar e duas inalteradas na semana. O PSI30 resvalou 1,16% para os 3.541,70 pontos.

A Vodafone Telecel [TLE] cedeu 8,97% para os 8,52 euros, liderando as quedas semanais no PSI20, enquanto a Portugal Telecom (PT) [PTC] deslizou 4,3% para os 8,01 euros, com as duas empresas de telecomunicações a reflectirem a tendência descendente das suas congéneres europeias.

A Impresa [IPR] derrapou 4,62% para os 1,86 euros, com os ganhos de 2,76% registados hoje a diluírem as perdas. A empresa de media foi prejudicada pelo facto de ser obrigada a realizar um aumento de capital no valor de 20 milhões de euros na estação televisiva SIC.

A subida dos títulos do grupo de Pinto Balsemão na sessão de hoje esteve relacionada com uma notícia avançada pela Reuters, que dava conta de negociações entre a Impresa e a Cofina [COFI], visando a integração dos activos de media desta última na primeira.

A Cofina, que integra o PSI30, trepou 6,12% na semana, para os 2,24 euros. Ambas as empresas negaram entretanto as notícias divulgadas hoje, com a Cofina a adiantar que «não há nenhum acordo», enquanto a Impresa acrescentou que não se estão sequer a desenvolver negociações nesse sentido.

A ParaRede [PARA] caiu 3,77% face ao valor de fecho da última sexta-feira, para cotar hoje nos 0,51 euros, enquanto a Sonae.com [SNC] recuou 4,09% para os 3,05 euros.

O presidente da Sonae.com, Paulo Azevedo, afirmou na passada sexta-feira, em entrevista ao Negocios.pt, que está «disponível» para discutir um possível cenário de fusão com a ONI, operadora do Grupo Electricidade de Portugal (EDP) [EDP]. A eléctrica cedeu 1,3% na semana, para os 2,27 euros.

O título do PSI20 que mais subiu na semana foi a Modelo Continente [MCON], que cresceu 6,7% para encerrar a valer 1,86 euros. A empresa beneficiou do facto de alguns investidores acreditarem que a Sonae SGPS [SON] será obrigada a aumentar o valor de 1,85 euros por acção oferecido na OPA sobre a distribuidora.

Com ganhos encerrou também a Brisa [BRISA], que avançou 3,48% para os 5,06 euros. A concessionária convocou a sua assembleia geral (AG) anual de accionistas para o dia 19 de Março, com um dos pontos da ordem de trabalhos a prever a eleição dos novos órgãos sociais para o triénio 2002/2004.

O euro [EUR] manteve-se pouco alterado face ao dólar, ao recuar 0,06% na semana, para transaccionar hoje nos 0,8716 dólares.

A rendibilidade das Obrigações do Tesouro (OT) português a 10 anos cresceu 2 pontos base para os 4,47%, enquanto a dos títulos da Reserva Federal a 10 anos diminuiu 2 pontos base para os 3,9% e a do «bund» alemão manteve-se estável nos 4,91%.

Os futuros do barril de «brent», ou petróleo do Mar do Norte [CO1] valorizaram 5,94% na semana, para negociarem hoje nos 20,87 dólares (20,88 euros), enquanto o preço do barril de crude [CL1] para entrega em Março apreciou 5,78% para os 21,40 dólares (24,49 euros).

Outras Notícias