Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI20 segue a perder 0,50% só com EDP e BCP a subir

A Bolsa nacional inverteu a tendência de subida da abertura penalizada pela queda da generalidade dos títulos, em linha com o comportamento das praças europeias. Só com a EDP e BCP a subir o PSI20 perdia 0,50%.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 03 de Maio de 2002 às 08:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Bolsa nacional inverteu a tendência de subida da abertura penalizada pela queda da generalidade dos títulos, em linha com o comportamento das praças europeias. Só com a EDP e BCP a subir o PSI20 perdia 0,50%.

O PSI20, depois de ontem ter registado a maior queda diária desde 14 de Setembro de 2001, negociava nos 7.247,42 pontos.

No principal índice da Bolsa nacional apenas a Electricidade de Portugal [EDP] e o Banco Comercial Português [BCP] registavam ganhos. A eléctrica aumentava 0,44% para os 2,26 euros e o maior banco privado português crescia 1,63% até aos 3,73 euros, depois de nas últimas sete sessões apenas por uma vez ter terminado a subir.

A penalizar a Bolsa nacional estavam as empresas de telecomunicações, que replicavam o comportamento das suas congéneres.

A Portugal Telecom [PTC], depois de uma abertura com ganhos, seguia a descer 2,09% até aos 7,48 euros e a Sonae.com mantinha a tendência de queda desde que anunciou um aumento de capital a 2,25 euros por acção.

A empresa de telecomunicações do Grupo Sonae caia 4,42% para os 2,38 euros e a Vodafone Telecel [TLE], que anuncia as contas trimestrais no próximo dia 7 de Maio, descia 2,74% até aos 7,45 euros. A Sonae SGPS caia 1,2% para os 0,82 euros.

A Brisa e a Jerónimo Martins mantinham a tendência de queda das últimas sessões, com a concessionária de auto-estradas a ignorar a mudança na sua estrutura accionista e a distribuidora a ser penalizada pelos resultados trimestrais. A Brisa caia 1,48% para os 5,32 euros e a JM descia 0,96% para os 8,22 euros.

Ver comentários
Outras Notícias