Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI20 sobe 0,14% impulsionado por BCP; Porto e Sporting recuam mais de 16% (act)

O PSI20 fechou a ganhar 0,14% apoiado na valorização do Banco Comercial Português (BCP). A Electricidade de Portugal (EDP), com 10 milhões de acções negociadas, perdeu 1,27%, num dia em que as SADs do Porto e Sporting afundaram mais de 16%.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 17 de Abril de 2002 às 16:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O PSI20 fechou a ganhar 0,14% apoiado na valorização do Banco Comercial Português (BCP). A Electricidade de Portugal (EDP), com 10 milhões de acções negociadas, perdeu 1,27%, num dia em que as Sociedades Anónimas Desportivas do Porto e Sporting afundaram mais de 16%.

No final da sessão, o PSI20 [PSI20] marcava 7.688,25 pontos, com 10 acções a valorizarem, três inalteradas e as restantes sete em queda, num dia marcado pela discussão do novo programa do Governo.

Durão Barroso, líder do Governo, anunciou hoje a eventual necessidade de aumentar a taxa máxima do IVA de 17%, caso não se consiga inverter a tendência de redução do défice orçamental.

Pina Moura, ex-ministro das Finanças e da Economia do Governo Socialista, disse que o aumento do IVA proposto vai afectar a competitividade das empresas nacionais face às suas congéneres espanholas. Em Espanha, o IBEX35 [IBEX] valorizou 0,48%.

No sector das telecomunicações, a Portugal Telecom [PTC] conseguiu uma valorização de 0,59% a cotar nos 8,53 euros com pouco mais de 5 milhões de acções transaccionadas. A Vodafone Telecel [TLE], ao contrário, escorregou 0,83% para os 8,33 euros, tal como a SonaeCom [SNC] que deslizou 1,86% para os 3,17 euros.

O ministro da Economia Carlos Tavares afirmou ao Negocios.pt, que a venda da rede fixa de telecomunicações concessionada pelo Estado à PT «continua em aberto».

A eléctrica Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] impediu uma valorização mais acentuada do PSI20, ao recuar 1,27% para os 2,33 euros, tendo sido o papel mais líquido da sessão com 10,79 milhões de títulos trocados.

Fonte da espanhola Hidroeléctrica del Cantábrico, controlada em 40% pela eléctrica nacional, adiantou hoje ao Negocios.pt que a proposta de autorização para efectuar um aumento de capital, ontem anunciada, é uma «medida cautelar» para o caso da eléctrica decidir efectuar aquisições.

Os títulos do Banco Comercial Português [BCP] conseguiram um ganho de 1,8% para os 3,95 euros, com 1,8 milhões de títulos movimentados. O Banco Espírito Santo [BESNN] permaneceu inalterado nos 11,75 euros, enquanto o BPI [PINN] deslizou 0,37% terminando nos 2,68 euros.

A Impresa [IPR], depois da correcção verificada na véspera, voltou a acumular uma subida de 1,57% para os 2,58 euros. A empresa liderada por Pinto Balsemão negociou 989 mil acções.

A retalhista Jerónimo Martins [JMAR] caiu 2,27% para os 9,04 euros, enquanto a Portucel [PTCL] avançou 2,17% para os 1,41 euros, com mais de um milhão de acções a mudarem de carteias.

As acções da Sporting-Sociedade Desportiva de Futebol, afundaram 18,85% para os 6,37 euros, contrariando a tendência verificada no decorrer das últimas sessões.

O Futebol Clube do Porto SAD desceu 16,14% para os 3,48 euros, voltando a níveis de 4 de Abril.

Ver comentários
Outras Notícias