Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 abre em queda pressionado por resistência política em Itália

O índice nacional iniciou a sessão a negociar em terreno negativo, penalizado pela resistência política que o primeiro-ministro Mario Monti está a enfrentar por parte dos restantes partidos. Os investidores receiam que a crise da dívida soberana continue a sua escalada.

Andreia Major amajor@negocios.pt 15 de Novembro de 2011 às 08:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O PSI-20 abriu a sessão a cair 0,28% para 5.533,82 pontos, com cinco cotadas em alta, 10 cotadas em queda e cinco inalteradas.

Na Europa a tónica apresentada esta manhã é também negativa. Mario Monti, primeiro-ministro nomeado pelo Presidente de Itália para formar um governo de unidade nacional, tem enfrentado resistência política por parte dos outros partidos.

Os investidoreres temem que a instabilidade política prejudique a recuperação financeira do país.

Por cá, as cotadas que mais pressionam o índice nacional são a Jerónimo Martins e a Galp Energia. A retalhista cede 0,75% para 12,505 euros, e a petrolífera recua 0,52% para 13,31 euros.

No restante sector energético a tónica é mista. A EDP deprecia 0,09% para 2,303 euros, e a EDP Renováveis desvaloriza 0,46% para 4,36 euros. A REN negoceia inalterada nos 1,986 euros. Segue-se a Zon, a descer 1,48% para 1,931 euros.

A travar maiores perdas está o BCP, a subir 1,89% para 0,108 euros. No restante sector da banca a tendência é mista. O BES negoceia estável nos 1,27 euros, e o BPI cede 1,2% para 0,41 euros. O Banif negoceia estável nos 0,284 euros.

Segue-se a Brisa, que avança 0,91% para 2,321 euros, e a Portucel, a ganhar 0,99% para 1,838 euros. A Altri valoriza 1,02% para 1,192 euros.



Ver comentários
Saber mais PSI-20 Itália queda
Mais lidas
Outras Notícias